Bilionário Peter Thiel sugere que bitcoin possa ser ‘arma’ da China contra o dólar

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
O bilionário Peter Thiel. (Foto: John Lamparski/Getty Images)
O bilionário Peter Thiel. (Foto: John Lamparski/Getty Images)
  • Bilionário Peter Thiel falou sobre a China nesta semana em evento virtual.

  • Ele disse que teme que bitcoin possa ser usado como “arma financeira”.

  • Isso ocorreria porque o bitcoin tende a enfraquecer o dólar.

O bilionário Peter Thiel, que fundou com Elon Musk o sistema de pagamentos PayPal, e é membro do conselho do Facebook, falou nesta semana durante um evento online sobre diversos tópicos da tecnologia – e expressou opiniões polêmicas.

Leia também:

Ele atacou a China, disse que teme que empresas como o Google estejam auxiliando o exército chinês com a entrega de tecnologia avançada, como de inteligência artificial.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Bitcoin

Mas falou também sobre bitcoin, e como ele acredita que a criptomoeda, ao enfraquecer o dólar, possa ser usada pela China como um tipo de “arma financeira”.

As informações são do site Insider, especializado na cobertura do mercado financeiro e de tecnologia.

“Apesar de eu ser um pouco a favor das criptos, e do bitcoin, eu penso se o bitcoin não deveria ser pensado parcialmente como uma arma financeira chinesa contra os Estados Unidos”, disse Thiel.

“O bitcoin ameaça a moeda emitida por bancos centrais, especialmente o dólar americano, e China quer fazer coisas para enfraquecer o dólar. Se a China quer bitcoin, talvez os Estados Unidos devessem estar fazendo algumas perguntas mais difíceis sobre exatamente como ele funciona.”

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube