Biólogo russo é preso com mais de 100 animais vivos em bagagem de mão em SP

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Todos os animais estavam na bagagem de mão do biólogo (Foto: Divulgação/Polícia Federal)
Todos os animais estavam na bagagem de mão do biólogo (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

Um biólogo russo identificado como Kyrill Kravchenko, de 35 anos, foi preso na madrugada desta quarta-feira (20) no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos (SP). De acordo com o G1, ele estava com mais de 100 animais vivos.

O homem pego quando passou pelo raio-x do aeroporto antes de embar em um voo para San Petersburgo, na Rússia. Todos os animais estavam na bagagem de mão do biólogo.

Segundo o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), foram encontrados cerca de 50 lagartos, de três espécies diferentes, 50 aranhas, 25 sapos de cinco espécies diferentes e outros animais de espécies variadas.

Leia também

Ainda de acordo com o instituto, Kravchenko é um conhecido traficante russo. Isso porque ele já vinha sendo monitorado desde 2017 porque traficava animais para vendê-los na Rússia.

Os bichos foram recolhidos em São Paulo, em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul. Todos foram levados para o Instituto Butantan.

Segundo o G1, o biólogo russo foi encaminhado para a Polícia Federal.