Bitcoin atinge um novo mínimo à medida que nova empresa vai a falência

Bitcoin foi negociada a menos de US$ 16 mil em nova falência do mercado criptográfico
Bitcoin foi negociada a menos de US$ 16 mil em nova falência do mercado criptográfico
  • Genesis Global Trading, empresa de empréstimos suspendeu temporariamente suas operações;

  • Falência da companhia foi consequência da implosão do mercado causada pela FTX;

  • Mau período fez com que Bitcoin fosse negociada abaixo dos US$ 15 mil.

O preço do Bitcoin, maior criptomoeda do mundo, atingiu um novo mínimo em meio a notícia de que a empresa Genesis Global Capital é a mais nova vítima do colapso do mercado criptográfico. Na segunda-feira a moda chegou a ser negociada no milhar dos US$ 15 mil.

A companhia afirmou que sua unidade de empréstimos, a Genesis Global Trading, está temporariamente suspendendo resgates e empréstimos após a falência da FTX na última semana, afirmou o CEO interino Derar Islim. O setor possuía US$ 2,8 bilhões (R$ 14,8 bilhões) em empréstimos abertos segundo a própria empresa.

Em um comunicado, a empresa afirmou que essa divisão da empresa possuía sua própria capitalização e operava separadamente do restante da Genesis. Os serviços de negociação e custódia da Genesis Global Capital permanecem totalmente funcionais, afirmou Islim.

Amanda Cowie, vice-presidente de comunicação da Digital Currency Group (DCG), proprietário da Genesis, afirmou ainda "não houve impacto nas operações comerciais" da DCG e nenhuma de suas subsidiárias. “Esta decisão foi tomada em resposta ao deslocamento extremo do mercado e à perda de confiança da indústria causada pela implosão do FTX", disse Cowie.

Com a notícia de mais uma queda do mercado criptográfico, o Bitcoin caiu pela primeira vez para níveis abaixo dos US$ 16 mil (R$ 84,8 mil na conversão atual). A criptomoeda chegou a ser negociada a US$ 15.853,70 (R$ 84.443,15) na segunda-feira (14).

O movimento é um novo mínimo para a maior e mais famosa criptomoeda do mundo, que já caiu mais de 75% em valor depois de atingir o pico de US$ 69 mil (R$ 365,7 mil) em novembro de 2021. O preço do Bitcoin não chegava a valores menores de US$ 16 mil desde novembro de 2020.