Bitcoin cai até 14% após máxima histórica

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - O bitcoin, principal criptomoeda do mundo, caiu até 14% para 51.541 dólares neste domingo, revertendo a maior parte dos grandes ganhos obtidos na semana passada.

A moeda chegou a cair 12 mil dólares abaixo do recorde da última quarta-feira. A rival menor Ether, moeda ligada à rede de blockchain da ethereum, caiu 10% para 2.101 dólares.

O site de dados CoinMarketCap citou um blecaute na região de Xinjiang, na China, que alimenta muita mineração de bitcoin, como motivo para a liquidação.

Luke Sully, CEO da especialista em ativos digitais Ledgermatic, disse em um e-mail que as pessoas podem ter vendido por notícias da queda de energia na China.

"A queda de energia expõe uma fraqueza fundamental; que embora a rede Bitcoin seja descentralizada, sua mineração não é", acrescentou Sully.

(Por Radhika Anilkumar em Bengaluru)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos