Bitcoin ‘respira’ cotado a US$33 mil após quebrar barreira dos US$30 mil

·1 minuto de leitura
  • Bitcoin opera a US$33 mil.

  • Moeda recuperou-se após choque que levou seu preço a menos de US$30 mil.

  • Banimento na China assusta investidores

O Bitcoin, a mais famosa e valiosa moeda criptográfica do mundo, ganhou um “respiro” nesta quarta-feira (23) depois de uma terça-feira tensa que viu a cotação da moeda desabar e romper a barreira psicológica dos US$30 mil.

Leia também:

No momento do fechamento deste texto, ela era cotada a mais de US$33 mil, ainda assim quase 50% de queda em relação à alta histórica de US$64 mil em meados de abril.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

O mercado continuava com os nervos à flor da pele, enquanto uma recuperação decisiva ainda pairava sobre a cotação do Bitcoin.

Analistas chegaram a considerar a possibilidade de a pressão de venda continuar, levando o preço para o patamar dos US$25 mil.

Bitcoin ‘derrete’ com banimento ‘pra valer’ da China

As criptos já vinham sofrendo com fortes pressões de venda desde que Elon Musk iniciou seus ataques contra o Bitcoin com a história da Tesla deixar de aceitar a moeda por conta de preocupações ambientais.

Com a cotação já fragilizada, o anúncio do banimento das criptos na China – e a sensação de que dessa vez é “pra valer” – terminou de corroer a confiança dos investidores.

Essa não foi a primeira vez que o governo central chinês anunciou o banimento do Bitcoin, mas agora ele está realmente aplicando essas medidas – obrigando o fechamento de “minas” de Bitcoin e forçando bancos a bloquear transações.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos