Bitcoin tem recuperação e volta a valer mais de US$ 30 mil após tombo no mercado de criptoativos

NOVA YORK — Após registrarem fortes perdas ao longo da semana, o bitcoin e outras criptomoedas apresentavam recuperação nesta sexta-feira.

Além do cenário mais adverso para ativos de risco com o aperto monetário do Federal Reserve, Banco Central americano, o tombo da stablecoin – moeda digital com lastro em outro ativo – TerraUSD – abalou os mercado de criptoativos nos últimos dias.

A TerraUSD sofreu ataque especulativo e chegou a cair para US$ 0,2250, gerando uma pressão nos demais ativos. Dessa forma, investidores que aplicavam dinheiro em outras criptomoedas ficaram com medo de que ocorresse o mesmo com as suas aplicações e se desfizeram dos ativos, gerando um intenso movimento comprador no mercado.

O preço do bitcoin avançava mais de 8% nas últimas 24 horas, retornando para o patamar acima dos US$ 30 mil após ter caído para a faixa abaixo dos US$ 26 na quinta-feira.

Ainda assim, a moeda permanece muito abaixo dos níveis da semana anterior de cerca de US$ 40 mil e, a menos que haja uma recuperação mais forte no mercado, caminha para uma sétima perda semanal consecutiva.

O ether, segundo maior ativo dessa classe, subia 10% para a faixa dos US$ 2.100.

Nas últimas 48 horas, segundo estimativas do site CoinMarketCap, o mercado perdeu cerca de US$ 260 bilhões.

As altcoins, como são chamadas criptomoedas menores, também apresentam recuperação. A Cardano liderava os ganhos, com uma alta que chegou a ser de 40%, enquanto a BNB, XRP e Solana chegaram a valorizações de até 30% durante a madrugada.

Segundo analistas, ainda há espaço para novas quedas, e a retomada pode depender de os Estados Unidos controlarem a inflação no país e da dinâmica da precificação dos juros no país.

— Acho que o pior não passou. Há mais desvantagens nos próximos dias — destaca o diretor de investimentos da Axion Global Asset Management, Scottie Siu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos