Black Friday: veja dicas para não cair em golpes na hora da compra

A Black Friday de 2022 é oficialmente no dia 25 de novembro, mas diversas empresas de varejo já promovem um “esquenta”, adiantando descontos e prolongando o período vantajoso para o consumidor. Vista por muitos como uma oportunidade para aproveitar bons preços, a data também abre brechas para golpistas.

Uma pesquisa feita pela Serasa em novembro de 2021, publicada pelo E-Investidor, mostrou que 6 em cada 10 consumidores brasileiros sofreram algum tipo de golpe financeiro nos 12 meses anteriores à realização da pesquisa. Fraudes na compra e venda de produtos, uso indevido de dados de cartões e uso criminoso do WhatsApp foram as irregularidades mais citadas.

O órgão também constatou que 45% dos entrevistados já fizeram alguma compra durante a Black Friday. Destes, 50% afirmaram ter passado por algum transtorno ou situação de fraude, sendo as principais reclamações falsos descontos, frete muito alto, valor do produto mais alto no momento do pagamento e propaganda enganosa. Dessa forma, listamos sete dicas para realizar compras de forma segura durante o período de promoções. Confira:

1) Desconfie de links desconhecidos: WhatsApp, Telegram e e-mail são as origens mais comuns de links maliciosos. Eles podem causar danos ao dispositivo de onde foram clicados e serem uma ferramenta para hackers roubarem informações.

2) Verifique a autenticidade dos sites: para ser confiável, o endereço precisa conter https na URL, o cadeado na barra de navegação e a inscrição “site seguro”.

3) Cuidados com o pagamento: para estabelecimentos físicos, cartões com pagamento por aproximação são os mais indicados, além da atenção ao valor exibido na maquininha. Em compras online, use o Pix somente no ambiente de navegação do site, confira os dados do pagamento e se a loja escolhida é realmente quem irá receber o dinheiro, o que também vale para pagamento em boleto e cartão.

5) Saiba de onde está comprando: prefira produtos de marcas já conhecidas e lojas confiáveis.

6) Atenção aos preços: desconfie de produtos muito abaixo do valor real e de fretes com custos abusivos.

7) Compare ofertas antes da Black Friday: alguns varejistas sobem o valor do produto antes da data promocional para que possam cobrar o preço original posteriormente, como se fosse desconto.

*O EXTRA e o Submarino mantêm uma parceria comercial, que não interfere no conteúdo de nossas reportagens. Os preços mencionados podem sofrer variação, e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques.