Blecaute em cidades do Rio e de Minas não tem relação com crise hídrica, diz ONS

·1 minuto de leitura

RIO e BRASÍLIA - O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) informou neste domingo que o desligamento total de uma subestação de Furnas em Rio das Ostras, na Região dos Lagos, provocou o apagão registrado na noite de sábado em cidades nos estados do Rio de Janeiro e de Minas Gerais.

O ONS e o Ministério de Minas e Energia frisaram que o blecaute “não tem relação com a crise hídrica” enfrentada pelo país, que limita a geração de energia das usinas hidrelétricas com o baixo nível dos reservatórios.

O órgão não esclareceu as causas da falha na subestação Rocha Leão, de Furnas, mas informou que “avaliará as causas da ocorrência junto aos agentes envolvidos”.

O ONS informou que, assim que foi identificado o corte de energia, às 21h21, iniciou-se uma operação de “recomposição do sistema para que o completo fornecimento de energia fosse restabelecido o mais rápido possível”.

Segundo o ONS, houve interrupção de 696 MW na carga. O abastecimento foi normalizado em pouco mais de uma hora, às 22h32.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos