Blinken lamenta retrocesso na questão dos direitos humanos

O chefe da diplomacia dos Estados Unidos, Antony Blinken, alertou nesta terça-feira que os direitos humanos estão regredindo no mundo e destacou sua indignação com as situações na China, Rússia, Iêmen e outros países. O Secretário de Estado também falou sobre questões internas do país e como tratá-las abertamente diferencia democracias de autocracias.