Blinken receberá chanceleres de Israel e dos Emirados Árabes Unidos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
O secretário de Estado americano, Antony Blinken, à esquerda, e seu homólogo do Isarel, Yair Lapid, à direita, durante uma reunião em Roma em 27 de junho de 2021 (AFP/Andrew Harnik)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O chefe da diplomacia americana, Antony Blinken, receberá na quarta-feira seus homólogos israelenses e emirados para tratar, em particular, da continuação do processo de reconhecimento de Israel pelos países árabes, anunciou o Departamento de Estado neste sábado (9).

O secretário de Estado dos EUA manterá conversas bilaterais separadas com o ministro das Relações Exteriores de Israel, Yair Lapid, e depois com seu homólogo dos Emirados Árabes Unidos, o xeque Abdullah bin Zayed Al Nahyane, antes de uma reunião trilateral, acrescentou a chancelaria.

O tema das discussões será "o progresso feito desde a assinatura dos acordos de Abraham no ano passado, as possibilidades futuras de colaboração e questões bilaterais, incluindo segurança e estabilidade regional", afirmou.

Em meados de setembro, Blinken já havia realizado um encontro virtual com seus homólogos do estado hebraico, Emirados Árabes Unidos e Marrocos, após o qual encorajou mais países árabes a reconhecer Israel, no primeiro aniversário dos acordos de normalização históricos concluídos sob os auspícios do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Em 15 de setembro de 2020, os Emirados e Bahrein se tornaram os primeiros países do Golfo a normalizar publicamente suas relações com Israel. Marrocos e Sudão seguiram o exemplo.

Depois de sua chegada ao poder, o governo democrata do presidente Joe Biden, apesar de pretender romper com a era Trump, aprovou esses acordos, considerados um dos principais sucessos diplomáticos de seu antecessor republicano.

bur-arb/cjc/dg/yow/ap

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos