Blinken se encontra com presidente do Egito para fortalecer cessar-fogo em Gaza

·1 minuto de leitura
Secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, no Egito

Por Aidan Lewis e Nidal al-Mughrabi

CAIRO (Reuters) - O secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, encontrou-se com autoridades de alto escalão do Egito, nesta quarta-feira, durante uma viagem pelo Oriente Médio cuja meta é fortalecer um cessar-fogo que encerrou os piores combates entre Israel e militantes palestinos em anos.

O Egito tem relações de longa data com os dois lados do conflito, e desempenhou um papel essencial na mediação do cessar-fogo após 11 dias de violência em coordenação com os Estados Unidos.

Em uma visita curta, Blinken se encontrou com o presidente egípcio, Abdel Fattah al-Sisi, o ministro das Relações Exteriores, Sameh Shoukry, e o chefe da inteligência, Abbas Kamel, no palácio presidencial do Cairo. Ele não fez nenhum comentário à mídia antes da reunião.

Blinken chegou ao Egito depois de paradas em Jerusalém e Ramallah, e ainda deve visitar a Jordânia. Na terça-feira, ele prometeu que os EUA fornecerão nova ajuda para o auxílio na reconstrução da Faixa de Gaza, incluindo 5,5 milhões de dólares de um alívio imediato de desastre e quase 33 milhões para a Agência das Nações Unidas de Assistência a Refugiados Palestinos (Acnur) sediada ali.

Ele ainda disse que os EUA pretendem impedir que o Hamas, que controla Gaza e é considerado por Washington uma organização terrorista, se beneficie da ajuda humanitária.

Yehya Al-Sinwar, chefe do Hamas em Gaza, disse nesta quarta-feira que o grupo saudou os esforços árabes e internacionais para reconstruir o enclave.