Blinken testa positivo para Covid-19, diz Departamento de Estado dos EUA

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

WASHINGTON (Reuters) - O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, testou positivo para Covid-19 nesta quarta-feira, afirmou o Departamento de Estado, acrescentando que ele estava com sintomas leves.

O principal diplomata norte-americano, completamente vacinado e com dose de reforço, não esteve na presença do presidente Joe Biden há vários dias e portanto Biden não é considerado um contato próximo, disse o departamento em um comunicado.

“O secretário fará isolamento em sua casa e manterá um cronograma de trabalho virtual. Ele está ansioso para voltar ao Departamento e retomar todas suas responsabilidades e viagens o mais rápido possível”, disse o comunicado.

O Departamento de Estado acrescentou que Blinken havia testado negativo na terça-feira e no começo desta quarta antes de testar positivo.

Blinken esteve no Jantar dos Correspondentes da Casa Branca em Washington no último fim de semana, uma reunião de milhares de pessoas que inclui personagens importantes da imprensa e da política.

O secretário se reuniu com a ministra das Relações Exteriores da Suécia, Ann Linde, mais cedo nesta quarta-feira, e com o chanceler mexicano, Marcelo Ebrard, na terça-feira. Ebrard disse em um tuíte que havia feito um teste PCR após a reunião com Blinken.

(Reportagem de Humeyra Pamuk e Simon Lewis em Washington)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos