Blitz flagra 97 pessoas em adega na zona leste de São Paulo

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Uma operação do Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos), do Dope (Departamento de Operações Especiais de Polícia), flagrou neste domingo (4) à noite 97 pessoas em uma adega na avenida São Miguel, na Vila Jacuí (zona leste de São Paulo). O grupo descumpria o decreto estadual que proíbe festas clandestinas e aglomerações. Segundo a polícia, a maioria dos frequentadores da adega estava sem máscara de proteção e desrespeitava o distanciamento social. No local, os policiais civis encontraram bebidas alcoólicas e narguilés de uso coletivo. Com pouca ventilação, o espaço contava ainda com um DJ animando a festa. A Secretaria Estadual da Segurança Pública, sob a gestão João Doria (PSDB), afirma que agentes da Vigilância Sanitária e da prefeitura da capital paulista participaram da ação, que terminou com oito pessoas levadas ao DPPC (Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania), onde foram autuadas em um termo circunstanciado por infração de medida sanitária preventiva. O restante do grupo foi liberado justamente para evitar aglomeração. A Polícia Civil afirma que foram apreendidos equipamentos de som, duas máquinas de cartão e um simulacro de arma de fogo.