Posts do blog de Charles Nisz

  • "Parem de desenhar Spock nas notas", apela o Banco do Canadá

    Foto: Internet

    Leonard Nimoy, intérprete de Spock na série Jornada nas Estrelas, morreu na última sexta-feira (27). Os fãs canadenses do ator acharam uma maneira bem inusitada de homenagear o ídolo: desenharam o rosto de Nimoy na nota de cinco dólares canadenses, uma ação idealizada pelo Canadian Design Resource, associação de designers locais, segundo o site Dangerous Minds.

    Leia também:
    Acredite se quiser: real é mais falsificado que dólar e euro

    No entanto, o processo está enlouquecendo o Banco Central do Canadá. A entidade implora para as pessoas pararem de desenhar Spock nas cédulas. A ideia é transformar a foto de Sir Wilfrid Laurier, sétimo primeiro-ministro do Canadá em Nimoy, alterando as sobrancelhas, orelhas e cabelo. Alguns chegam a desenhar a saudação venusiana, abrindo os dedos da mão.

    Apesar do Banco do Canadá achar a ação engraçada, apela para que os cidadãos parem de fazer isso, pois é ilegal alterar a configuração de uma nota de dinheiro. Há outras possíveis consequências.

    Saiba mais »de "Parem de desenhar Spock nas notas", apela o Banco do Canadá
  • Conheça a ilha de Aoshima: lá tem seis vezes mais gatos do que humanos

    image

    A ilha japonesa de Aoshima é o paraíso para quem gosta de gatos: a ilha nipônica tem seis vezes mais gatos do que humanos. Levados para a ilha por pescadores para combater os ratos nos barcos de pesca, os gatos proliferaram e hoje dominam o território em Aoshima, uma pequena cidade na província de Ehime, no sul do Japão.

    Leia também:
    Nos EUA, gato perdido há dois anos reconhece a dona na rua

    Em 1945, final da II Guerra Mundial, Aoshima tinha cerca de 900 habitantes. Com o término do conflito, muitos habitantes deixaram o vilarejo rumo às cidades em busca de emprego. Ficaram cerca de 20 habitantes e mais de uma centena de gatos, fazendo com que a ilha ficasse com seis vezes mais felinos do que humanos, segundo o International Business Times.

    Nos dias de hoje, Aoshima recebe muitos visitantes, curiosos para conhecer a “ilha dos gatos”. No entanto, a ilha não tem estrutura para receber os turistas: não há restaurantes, hotéis ou lojas. Mesmo os gatos sofrem: dependem de alimentos trazidos

    Saiba mais »de Conheça a ilha de Aoshima: lá tem seis vezes mais gatos do que humanos
  • Projeto de design italiano transforma pessoas falecidas em árvores

    image

    Imagine se a gente pudesse ter uma alternativa aos caixões. Feitos em madeira de lei, as urnas funerárias utilizadas atualmente são um desperdício de recursos naturais em um recipiente a ser consumido embaixo da terra. Não seria melhor uma opção mais ambientalmente responsável e que fizesse jus à expressão “ciclo da vida”?

    Leia também:
    É proibido morrer: o cemitério está lotado
     

    Essa é a proposta do Capsula Mundi, projeto desenvolvido pelos designers italianos Anna Citelli e Raoul Bretzel, uma cápsula orgânica e biodegradável capaz de transformar um corpo em nutrientes para uma árvore. O falecido é colocado numa cápsula e enterrado. Depois, uma árvore ou semente é plantada acima da urna biodegradável para aproveitar a matéria orgânica gerada pela decomposição do organismo.

    A árvore é escolhida pela pessoa ainda em vida e os familiares e amigos assumem a responsabilidade de cuidar da planta depois da partida do ente querido. Segundo os criadores, a ideia é transformar os atuais cemitérios -

    Saiba mais »de Projeto de design italiano transforma pessoas falecidas em árvores
  • image

    Um negócio iniciado nas areias do Rio de Janeiro em 2006 hoje fatura R$ 1,2 milhão ao mês. Parece história de filme, né? Mas para o carioca Raphael Krás, a história é bem verdadeira. Nove anos atrás, o carioca resolveu fazer hambúrgueres vegetarianos para vender na praia. O capital para iniciar o negócio, singelos R$ 50, foi fornecido pela avó do empresário de 28 anos, conforme conta o PME Estadão.

    Leia também:
    Picada de carrapato transforma carnívoros em vegetarianos


    Tudo começou com um hambúrguer de soja, mas hoje o cardápio conta com sete opções. O lanche mais mais vendido é o de shitake e o preço é de R$ 15. O faturamento na casa dos seis dígitos vem das duas lojas físicas. Uma franquia da rede custa R$ 250 mil e o retorno sobre o investimento acontece em 30 meses, segundo Krás. Mas o empresário não esquece da areia, onde tudo começou: seis ambulantes vendem o sanduíche na praia de Ipanema.

    Vegetariano, o empresário percebeu que havia um naco do mercado sem atendimento nas praias do

    Saiba mais »de Carioca fatura R$ 1,2 milhão por mês vendendo hambúrguer natural na praia
  • Empresa cria pulseira capaz de gerar energia através da masturbação

    image

    Foto: Divulgação

    O site PornHub, especializado em pornografia, resolveu entrar no segmento de dispositivos vestíveis (coisas como o Google Glass, por exemplo) com um aparelho bastante inusitado, vamos assim dizer. O Wankband é uma pulseira capaz de gerar energia enquanto o usuário se masturba, segundo as informações postadas no site do produto.

    Leia também:
    Tribunal sueco decide: masturbação em público não é crime


    "Todos os dias, milhões de horas de conteúdo adulto são consumidas na Internet, desperdiçando energia no processo e prejudicando o meio ambiente. Nós, do PornHub, resolvemos fazer algo a respeito. Apresentamos a pulseira Wankband: a primeira tecnologia vestível que permite amar o planeta amando a si mesmo”, explica a empresa. 

    Como funciona o aparelho? O sistema parece com algumas lanternas: dentro da pulseira, há um peso que se mexe com o movimento dos pulsos. O movimento gera e armazena energia cinética. Não foi divulgado quanto o sistema é capaz de armazenar e quanto

    Saiba mais »de Empresa cria pulseira capaz de gerar energia através da masturbação
  • A noite em que a Internet parou por causa da cor de um vestido

    A noite de 26/02 ficará marcada por conta de um debate aparentemente banal, mas que mobilizou os usuários do Twitter, Facebook, Whatsapp e outras redes sociais em todo o mundo com a hashtag #TheDress: qual é a cor do vestido da foto acima? Branco com detalhes dourados ou azul com detalhes em preto?

    Leia também:
    Como surgiu o meme Keep Calm and Carry On?

    No começo era só um vestido, como milhões de outros já postados na Internet. Mas com o passar dos minutos, a dúvida começou a mexer com a cabeça das pessoas e muita gente famosa, como o estatístico Nate Silver, a apresentadora Ellen DeGeneres, além de sites como BuzzFeed, Slate e até o Jornal O Globo entraram na discussão.

    Uma infinidade de piadas e memes sobre o tema começaram a pipocar nas timelines. 7 a 1, Meryl Streep gritando no Oscar, entre outras imagens, foram usadas para brincar com um debate tão acalorado. Revistas científicas, como a Wired, foram ouvir especialistas em Física para descobrir a bendita cor do vestido da discórdia.

    Saiba mais »de A noite em que a Internet parou por causa da cor de um vestido
  • De acordo com o ditado popular, por trás de um grande homem, existe uma grande mulher (e vice-versa). A tailandesa Kesarin Channiam, 36 anos, foi presa após colocar pregos na estrada da cidade de Hua Nin para aumentar o movimento da borracharia do marido. Ela tomou essa atitude após o marido e o filho reclamarem do baixo movimento da empresa da família, segundo o site Thaivisa.com.

    Leia também:
    Comercial de lingerie tailandês surpreende e causa polêmica

    O esquema estava tendo sucesso desde janeiro de 2015, mas acabou sendo descoberto pela polícia local depois de uma série de reclamações sobre pneus furados naquele trecho da via. Alertada, a guarda de Hua Nin resolveu colocar agentes disfarçados no local e acabou descobrindo a ação de Kesarin para furar os pneus do carros que passavam perto da borracharia da cidade.

    Após monitorarem as atividades de Kesarin no cruzamento da rodovia com a estrada de ferro de Hua Nin, os policiais descobriram que os pregos encontrados na rodovia eram

    Saiba mais »de Tailandesa vai para a cadeia após colocar pregos em estrada para ajudar borracharia do marido
  • Os Simpsons não moram nos EUA

    Phil Plait, um astrônomo norte-americano, lança uma teoria conspiratória interessante sobre o seriado “Os Simpsons”: segundo o cientista, a família do desenho animado não mora nos EUA. Plait reparou em um detalhe no episódio The Musk Who Fell to Earth, exibido no dia 25 de janeiro nos Estados Unidos: a posição da lua no céu de Springfield, terra dos Simpsons (foto).

    Leia também:
    Na Inglaterra, Bart Simpson foi julgado por Mr. Burns

    No episódio, os Simpsons recebem a visita de Elon Musk, empreendedor sul-africano especializado em ciência e tecnologia. Numa das cenas do episódio, Musk olha a Lua pela janela da casa da família Simpson. Na imagem, a lua crescente aponta para a direita. Entretanto, no hemisfério norte, a lua crescente aponta para o lado oposto, a esquerda.

    Ou seja, os Simpsons não moram nos EUA ou qualquer outro país do hemisfério norte. Plait lançou a teoria conspiratória em seu Twitter e a ideia repercutiu muito nos EUA e na mídia australiana, maior país de língua inglesa no

    Saiba mais »de Os Simpsons não moram nos EUA
  • Pesquisadores ingleses criam chocolate anti-rugas

    Foto: Divulgação

    Parece bom demais para ser verdade, mas pesquisadores da Universidade de Cambridge (Inglaterra) desenvolveram um chocolate capaz de prevenir o aparecimento de rugas. Batizado de Esthechoc, o chocolate anti-rugas promete rejuvenescer a pele com o consumo de apenas 7,5 gramas por dia, segundo os pesquisadores de Cambridge.

    Leia também:
    Cientistas criam chocolate que não engorda

    A explicação desse milagre é simples: o Esthechoc aumenta os níveis de antioxidantes no organismo e melhora a circulação sanguínea. Mais irrigada, a pele tende a ter menos rugas e apresenta menor flacidez. Os 7,5 gramas de chocolate têm a mesma quantidade de  astaxantina (antioxidante) que um filé de salmão e as mesmas 38 calorias encontradas em uma maçã.

    De acordo com Ivan Petyaev, criador do produto e fundador da Lycotec, uma empresa de biotecnologia, os resultados são animadores: “Testamos o produto em pessoas com idade entre 50 e 60 anos e a pele rejuvenesceu com se essas pessoas tivessem 20 anos a

    Saiba mais »de Pesquisadores ingleses criam chocolate anti-rugas
  • Menina de 7 anos consegue invadir rede wi-fi em 10 minutos

    Betsy Davis, uma britânica de apenas 7 anos, hackeou uma rede wi-fi em apenas 10 minutos e 54 segundos. O feito faz parte de um estudo da Hide My Ass, uma empresa de segurança de redes para mostrar as fragilidades das redes sem fio nas quais nos conectamos. A pequena londrina conseguiu acessar a rede após usar o Google e acessar tutoriais sobre o tema.

    Leia também:
    Hackers vazam receitas de restaurantes famosos

    Gostamos de imaginar hackers como pessoas escondidas do mundo, mas eles podem estar em qualquer lugar, explica Cian McKenna-Charley, porta-voz da Hide My Ass. A ideia do experimento foi a de mostrar como o hackeamento de uma rede se tornou, literalmente, uma brincadeira de criança, explica Marcus Dempsey, consultor de segurança de redes.

    Conforme noticia o jornal britânico Daily Mail, o uso de redes sem fio públicas vai aumentar em 2015. De acordo com os especialistas da empresa, os hackers forçam os usuários de redes sem fio públicas a sair de uma rede verdadeira para entrar em uma

    Saiba mais »de Menina de 7 anos consegue invadir rede wi-fi em 10 minutos

Paginação

(928 artigos)