Nos EUA, aluno sofre bullying de colegas e do professor na sala de aula

Charles Nisz

Um incidente ocorrido em Pierce, no estado americano de Washington, está sendo considerado o caso de bullying mais impactante nos EUA em 2012. Um garoto de 13 anos foi humilhado pelos colegas e pelo professor. O fato foi registrado por uma câmera de celular.

O incidente ocorreu na escola pública de ensino médio de Gig Harbor em fevereiro deste ano. A vítima foi amordaçada e arrastada; a sessão de tortura durou cerca de 15 minutos. John Rossi, o professor da turma, participou de parte das atividades. Em outras, apenas orientou os alunos agressores.

Depois de uma suspensão de apenas 10 dias, o professor foi transferido para outro colégio. Rossi se desculpou pelo acontecimento. Mas, não opinião dele, "o caso não foi diferente ou mais nocivo do que qualquer outra brincadeira feita por crianças".

Já os pais do aluno pensam diferente e não estão satisfeitos apenas com o pedido de desculpas - eles solicitaram uma investigação criminal do caso. Em entrevista ao canal King 5, o pai da vítima contou que o garoto disse que "quer se matar e quer morrer". O menino foi transferido para outra escola e passa por acompanhamento psicológico. (vi no PageNotFound)