Garisto, fundador do sindicalismo na PF, “lança” juiz Moro como candidato à Presidência da República

Os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso e Luis Inácio Lula da Silva

Em 2008 o diretor Mauro Lima, de Meu Nome Não é Johnny, resolveu começar a filmar a vida de um brasileiro e tanto. Afinal ele foi segurança particular do papa João Paulo Segundo, de Lady Di e Príncipe Charles, de 3 presidentes dos EUA –e ainda se infiltrou, como vendedor de éter e acetona, no Cartel de Medellín.

Francisco Carlos Garisto, agente especial da PF, mereceu deste blogueiro todo um capítulo do livro O Século do Crime, lançado em 1996, pela editora Boitempo. Policial mais elogiado em folha corrida na história da PF, com quase 50 menções honrosas, Garisto não se conformava apenas em ser agente.

Comprazia-lhe lutar pela categoria. E, assim, fundou a hoje toda-poderosa Fenapef, a Federação Nacional dos Policiais Federais (15 mil associados).

Garisto fez a primeira greve da história da PF. Garisto nivelou seu destino com presidentes e poderosos. Conhece os bastidores do poder como ninguém.

Hoje um consultor segurança pública disputadíssimo, Gaga (como é conhecido na corporação),  resolveu dar a este blog pitadas sobre o íntimo do poder em que as decisões são tomadas.

Revela coisas duras:  a PF anda tão tensa que delegados e agentes estão em situação de trocarem tapas; Lula, então candidato à Presidência, chegou a fazer acordo, de depois de empossado, com delegados que haviam grampeado o telefone da sua casa no ABC (a pedido de autoridades tucanas); Lula chegou a pedir a Zé Dirceu que expurgasse do PT a linha mais dura e ortodoxa do partido…Enfim: o que se segue são pílulas do que Garisto viu ( e ainda vê) naquela zona cinzenta e sublunar em que a imprensa jamais penetra…

Foi num encontro pessoal com Zé Dirceu, nessa chamada “zona do agrião”, em que este confidenciou a Garisto uma frase de Lula, disparada pelo futuro presidente ao Zé: “Só sairei candidato novamente a presidente da república se pararmos com esse fanatismo ideológico selvagem e separatista que amedronta tudo e todos e ainda quero muito dinheiro para a campanha e no mínimo a neutralidade da TV Globo , dos banqueiros e das empreiteiras”.

 

E mais: Garisto,  o maior mito da PF, acaba de lançar no Facebook uma página lançando o juiz Sérgio Moro como candidato à Presidência da República:


https://www.facebook.com/pages/Ju%C3%ADz-Federal-Sérgio-Moro-Presidente-2018/889785907750417?ref=ts&fref=ts


 Confira:

 

 

 

Qual o presidente da República que mais lesou a PF e por quê ?

 

É muito difícil cravar um presidente como o que mais lesou a PF, a disputa por esse título desde o regime militar (não conta já que tudo era proibido) é muito grande.

Acredito que nenhum deles até hoje olhou ou olha para a PF como uma parceira do governo federal na política nacional de segurança pública, os presidentes pós regime militar olham para a PF como uma “inimiga” para as suas administrações, pois sabem que o volume da corrupção em todos os governos são hoje e eram ontem quase incontroláveis.

Sarney,Itamar,Collor,FHC,Lula e Dilma deixaram a PF na desgraçada situação administrativa  e funcional que se encontrava e se encontra desde a sua fundação. Nada significativo fizeram para melhorar de fato e perenemente a PF em nenhum quesito administrativo.

Tudo era  maquiagem .Lula ainda fez alguma coisa na questão dos recursos materiais e nada mais, porém sabemos que recursos materiais sozinhos não melhoram em nada a segurança pública brasileira que é uma verdadeira guerra, pois se assim fosse os Estados Unidos teriam ganhado o confronto com o Vietnam. Acredito e pude notar nesses anos todos que tive contato em audiências intermináveis, que eles , juntamente com os seus ministros , principalmente os da justiça,planejamento e outros, tudo fizeram para não dotar a PF do Brasil de uma estrutura capaz de atender as demandas do setor e principalmente o combate real à corrupção. Para ser mais sincero, entendo que esses presidentes , seus ministros e outros burocratas agiram premeditadamente para não dar condição para a PF poder apurar como deveria e deve a corrupção no país, com essa preocupação, que para muitos era e é até hoje uma estratégia de auto defesa pessoal, acabaram deixando a segurança pública nacional na situação que esta atualmente, onde as fronteiras estão praticamente ao relento e à mercê de mafiosos e bandidos de toda ordem e quem tem vizinhos com o grau de periculosidade que temos isso é uma das maiores causas do descontrole do combate às drogas e trafico de armas, até porque nas grandes capitais não existem laboratórios de cocaína e muito menos fábricas clandestinas de armas.Coloco aqui somente o descaso nas fronteiras, mas esse descaso se repica em todas as áreas de atuação da PF. Sintetizando a resposta à sua pergunta acredito piamente que todos os presidentes, pós regime militar fizeram deliberadamente um “cartel"contra a Polícia Federal, atuaram e atuam para que ela não funcione como deveria.

Garisto, você colocou o Lula no mesmo rol dos outros presidentes que nada fizeram pela PF, você não acreditava no Lula , já que na época, você como presidente da Fenapef tinha uma boa relação com  ele ?

Cláudio, durante o governo FHC (que agora posa de anjo) a corrupção também era endêmica, ou já esqueceram os 44 Casos de Corrupção com somas estratosféricas de bilhões de prejuízos para a nação, exatamente como a corrupção de hoje. Entre os mais famosos podemos lembrar do Caso SIVAM, escândalo da compra de votos para a ampliação do mandato do FHC ( mensalão tucano), Banestado, Banespa, caso dos precatório e muitos outros. Acontece que nessa época a Polícia Federal tinha como Diretor Geral um delegado filiado ao PSDB  e como procurador geral da república o Geraldo Brindeiro, que pelo apelido conseguido de "engavetador geral da república”, dispensa comentários. A “república” dos delegados aniquilavam com as demais categorias dentro da PF e como defendiam o governo em qualquer circunstâncias a FENAPEF - Federação Nacional dos Policiais Federais e seus 27 sindicatos estaduais resolveram denunciar essa situação para a mídia e congresso nacional e quais os parlamentares atacavam todos os tucanos? Os deputados e senadores do PT, é claro, eram oposição e os policiais federais que queriam livrar a PF de seus dirigentes politiqueiros teve no PT o grande aliado e o parceiro ideal. Sabíamos que estávamos sendo “usados” como instrumento contra FHC, mas a causa era justa e cívica e na guerra não se deve dispensar aliados.

Nunca fui petista,mas levado pela necessidade da representação sindical passei a contar com os deputados do PT nas nossas lutas e reivindicações , e no Congresso Nacional o PT e seus aliados da oposição ajudavam a Fenapef em tudo e contra todos. Não tinham medo de fazer o enfrentamento com o governo e muito menos com os delegados tucanos que muitos políticos temiam.

Nas vésperas das eleições do Lula e José Serra descobrimos através de aliados da FENAPEF que alguns delegados tucanos se reuniram e estavam montando um dossiê falso contra o candidato do PT que seria divulgado três dias antes das eleições com acusações escabrosas e mentirosas de toda ordem.Dentro do dever legal levamos a denúncia ao ministro da justiça juntamente com alguns parlamentares do PT , a mídia deu destaque e o plano conspiratório ( se fosse nos USA estariam todos presos até hoje) acabou não saindo, já que o impacto das mentiras às vésperas das eleições presidenciais era a arma  pretendida.

Por conta desse episódio passei a colaborar com o  candidato Lula , mais especificamente na formulação do Plano de Governo do PT no quesito da segurança pública ideal e dentre as propostas que o PT defendia abertamente era o fim do inquérito policial, a carreira única na polícia federal e a não criação da guarda farda na PF( proposta do Serra), dentre outras coisas que poderiam deixar a PF brasileira nos moldes do FBI e o Lula alardeava isso nos comícios. Pelas minhas propostas e participação efetiva na defesa de uma segurança pública melhor , moderna e até revolucionária do ponto de vista da operacionalidade nos moldes do FBI , que era a promessa petista, acabei sendo lembrado para assumir a direção geral da PF. O deputado José Dirceu me revelou isso e disse ainda que o Lula havia concordado.

Pois bem, Lula foi eleito e o ministro da justiça indicado (não havia tomado posse ainda) Márcio Thomaz Bastos me convidou a comparecer na sede nacional da OAB-NACIONAL no DF, onde havia instalado um gabinete provisório. Ali me comunicou que meu nome para diretor geral estava sendo analisado,e que ele via com muita simpatia a minha indicação, tanto que ao término da nossa audiência ele deu entrevista ao Jornal do Brasil do RJ afirmando isso.

Para não alongar muito. O Lula foi procurado pelo Senador Romeu Tuma que implorou para que eu não fosse nomeado e ofereceu o seu apoio ao PT como senador e ainda lançou o nome do delegado Paulo Lacerda para o meu lugar, já que o Paulo Lacerda era assessor do senador há mais de 5 anos no senado.

Feito, e assim noticiou o fato recheado de má fé o jornalista Luis Nassif : “Bastos limou Garisto e colocou Lacerda ”.

Assim ,“inexplicavelmente” o “novo” governo Lula se aliou aos mesmos delegados tucanos que quase derrubaram suas pretensões de ser eleger presidente da república. Se não bastasse criou a Força Nacional fardada  (polícia repressiva inconstitucional) e passou a defender a manutenção do inquérito policial e mais, de repente ficou contra a carreira única na Polícia Federal . Enganou os agentes federais em todas as tratativas salarias e reivindicatórias que tivemos e o ex-ministro da justiça, Marcio Thomaz Bastos se aliou de verdade com os delegados da PF e transformou o DPF nessa torre de babel que é hoje.Se você tivesse me perguntado qual o presidente que traiu descarada e inexplicavelmente os policiais federais, eu apontaria e provaria que foi Luiz Inácio Lula da Silva.Talvez só Freud  ou os envolvidos no conchavo para explicar essa atitude insana, traidora e irascível do presidente Lula.

Quando você inaugurou o sindicalismo na PF, qual era a batalha principal ? Se fosse sindicalista hoje ainda , qual seria tua batalha ?

A batalha principal sempre foi e é ainda a criação da carreira ÚNICA na Polícia Federal, alias como determina a Constituição Federal. A segurança pública no Brasil tem vários problemas crônicos que se arrastam desde o império e um deles é esse sistema policial civil e militar que temos. NENHUM PAÍS NO MUNDO, repito: Nenhum país no mundo tem esse sistema falido, arcaico e inoperante que é o sistema de segurança pública brasileiro . A Polícia Militar que atende a ocorrência, prende o criminoso, junta as testemunhas e o material do corpo do delito( as provas) e para por ai, já que  não pode fazer mais nada porque a lei determina que após e serviço pronto ela deve levar para o delegado na delegacia, o qual sem saber de nada dos fatos vai decidir o que fazer e isso depois de horas e horas de espera e quando é encontrado um delegado a mais de 100 km, como acontece nos interiores. Nas capitais milhares de viaturas ( que poderiam ter voltado para as ruas) no Brasil inteiro ficam com até 5 militares , presos. vítimas e testemunhas aguardando a boa vontade do delegado. ISSO SÓ TEM NO BRASIL e o lobby dos delegados não permitem que se modifique isso para a implantação do Ciclo Completo da Polícia que é praticado , repito, no MUNDO TODO, ou seja , só o Brasil está certo . Na PF queremos  uma carreira de verdade com começo , meio e fim e não como é hoje, onde os agentes federais, escrivães e papiloscopistas de NÍVEL SUPERIOR, igual dos delegados fazem todos os serviços operacionais e de inteligência, mas precisam passar tudo para o delegado iniciar os malfadados inquéritos policiais que também só existe no Brasil. Existia no Quênia, mas resolveram abolir pela ineficiência provada desse instrumento processual penal. Fazem na delegacia e depois será tudo feito novamente no judiciário.Claro que os delegados não querem essa mudança, pois o inquérito policial em um país onde temos o presidente da Câmara , do Senado Federal e dezenas de parlamentares, ministros e ex-ministros do governo acusados em inquéritos policiais é um poder e tanto. Isso é inegável. Minha luta é, sempre foi e continua sendo pela carreira única. Ciclo completo de polícia e pelo fim do inquérito policial.

 

O que mais emperra  a PF hoje ?

O que mais emperra a PF hoje é justamente o que buscamos modificar. Não existe uma carreira na PF, nem para delegado e muito menos para as demais categoria. Isso, mais a burocracia do inquérito policial e a guerra interna existente pela falta do elencado é o maior fator que emperra a PF hoje.

 

Conhece episódios que envolvam uso político ou da iniciativa privada atacando a PF ?

Na época do FHC a coisa era escancarada, usava-se politicamente a PF e FIM, quem não gostasse que fosse procurar a ONU e alguns casos foram escabrosos e só como exemplo podemos citar dezenas de delegados que foram afastados de investigações onde apareciam tucanos e aliados.Fui dezenas de vezes no Congresso Nacional denunciar isso nas várias CPIs que fui convidado, pelo PT, é claro. Hoje em dia com o PT é diferente e tudo começou com o Lula e dura até hoje. O “controle” é velado, disfarçado, mais sutil. Usar a PF todos querem e os governantes de ontem e hoje ficam tentando isso à exaustão e como o diretor geral da PF é escolhido pelo MJ e nomeado pelo presidente, ele precisa ser mais político do que policial, senão não durará uma semana no cargo e isso não é um fato que ocorre só na PF, o nosso sistema pode funcionar nos USA, Suécia, Suíça, mas aqui não funciona e quando funciona é por conta de abnegados como alguns membros do STF,MPF e PF, já que todas essas autoridades são escolhidas e nomeadas pelo presidente da república a seu bel prazer e desses casos todos, o mais escabroso na minha opinião é o caso da nomeação de um ministro para o STF. Veja que quando ele é indicado, vai precisar (senão não será aceito) fazer um tremendo lobby no senado federal e ali, tomará “chá de banco” para ser atendido por um senador ,que não muito raramente acabara investigando futuramente, se tomar posse. O procurador da República é nomeado igualmente pelo presidente da República e cabe a ele fazer denuncias contra quem o escolheu e depois de dois anos para ser reconduzido não poderá deixar de ser no mínimo polido no atendimento de ministros da justiça sem agendas em vésperas de anúncio de altas autoridades em falcatruas da Operação Lava a Jato. O que existe de ilegal nisso? Nada, mas que é desgastante para todos é .

A tentativa do uso político e o controle operacional da PF por parte dos governantes sempre irá existir nesse sistema atual e assim  acaba ficando para o diretor geral essa tarefa  política de se esquivar dessa nefasta ação quase que diária.

O que falta pro Brasil melhorar ?

Puxa Claudio essa resposta daria um livro de centenas de páginas. Sei que o entrevistado deve responder, mas vou fazer uma pergunta antes de responde: O que está funcionando corretamente nesse país?

Para esse país melhorar antes de tudo tenho a certeza absoluta que a maioria esmagadora das pessoas que possuem o poder de direcionar as nossas vidas deveriam ter no  mínimo a vergonha na cara que os corruptos de antigamente demonstrava ter. Os corruptos de hoje não ligam mais com as manchetes de jornal os chamando de corruptos, acreditam que na época da eleição a maioria dos eleitores irá esquecer tudo e votará neles novamente. Veja a quantidade de parlamentares que respondem processos na justiça e que foram reeleitos. Pego como exemplo marcante o Deputado Paulo Maluf, que mesmo sendo “procurado” pela Interpol foi eleito e tomou posse novamente e ainda deu uma sonora “banana” para a Lei da Ficha Limpa . Nessa semana o tesoureiro do PT , João Vaccari, acusado de corrupção pelo MPF foi depor na CPI da Corrupção e quase todos os parlamentares do Partido dos Trabalhadores estavam lá prestando solidariedade total para ele. Não sabem nem se o camarada é culpado ou não, mas a alegação de corrupção não impacta mais, sabe porque? Porque os deputados, Lula, Dilma e os big bosses do PT e de outros partidos alegam com a maior candura do mundo que o Vaccari não pegou dinheiro algum para ele. É considerado honesto por isso. Para esses parlamentares do PT e seus parlamentares aliados ele é um herói, “está segurando a bronca”, como dizem os marginais nas cadeias. Foi-se o tempo em que parlamentares petistas choravam em plenário quando sabiam da corrupção de petistas . Hoje o PT e os demais partidos não entendem como corrupção,verbas suspeitas milionárias que caem como chuva na conta do partido em época eleitoral ou não. Para ganhar vale tudo. Assim foi no mensalão do PT, assim foi na compra dos votos para a reeleição do FHC, assim foi, está sendo e depois do barulho da Lava a Jato continuará sendo igual se nada for modificado pra valer, de forma legal, mas revolucionária . Essa maiorias de políticos que temos não querem mudar as leis que podem atrapalhar seus planos criminosos. Para eles o Brasil que se dane e o povo só presta para votar, alguns até mandam seus eleitores se lixarem, como fez o deputado gaúcho.Repito para melhorar o Brasil precisamos de uma revolução legal e democrática , mas quem seria hoje o condutor político capaz de  conseguir  isso?

 

Qual seu conselho para quem quer entrar na PF ?

Tenho alguns vídeos no You Tube onde procuro passar para as pessoas que pretendem entrar na PF algumas observações sobre  o que é trabalhar na Polícia Federal . De alguns anos para ca foi criada a figura do concurseiro. Isso virou “profissão” no Brasil. Outro dia li uma reportagem onde algumas pessoas que preenchem cadastros s e identificam , no quesito profissão, como concurseiro. Com isso a maioria esmagadora entra hoje no serviço público para ter instabilidade e um salário maior que na iniciativa privada. Não querem nem saber e nem levam em consideração se possuem aptidões para algumas carreiras do serviço público, para essas pessoas o que interessa é o vencimento. Assim fazem concurso para a PF, fazem concurso para o Banco do Brasil, Ibama, Receita Federal , Embrapa e outras carreiras. Uma função nada tem a ver com outras, não são nem parecidas e falo para todos que me consultam que na PF existe um pequeno detalhe que pode sair muito caro aos concurseiros de plantão. No afã de ganhar um salário de servidor público acabam esquecendo que terão que arriscar suas vidas nos locais mais inóspitos do país e nos locais mais violentos. Policial federal , civil e militares morrem de verdade, e assim o meu conselho é simples: Se você é concurseiros e quer fazer um concurso para se garantir financeiramente faça os concursos que bem entender, mas só faça para ser policial se tiver aptidão, senão vai morrer bem rápido ou ficará “escondido” atrás de uma mesa batendo carimbo por mais de 30 anos, como fazem muitos que entraram nas polícias sem aptidão alguma.

 Está pacificada a pendenga agentes / delegados na PF ou não ?

A pendenga entre agentes e delegados na Polícia Federal nunca esteve tão acirrada como está hoje. A relação dos agentes federais, escrivães e os papiloscopistas já beira agressão física, já que a verbal é diária. Os delegados de polícia ao invés de procurarem uma solução analítica para o problema mortal existente fazem questão de provocar os agentes de todas as maneiras. Ofendem, perseguem e discriminam qualquer um que não seja delegado. Não querem o progresso da segurança pública como um todo. Querem que tudo fique como está. São contra uma carreira única na polícia e até hoje não entendo o porque são contra, uma vez que os atuais delegados nada perderão com a criação dessa carreira e os concurseiros ou não que quiserem entrar na polícia farão isso entrando como agente igualmente de nível superior e subirá na carreira por meritocracia e demonstração real de serviços relevantes e não como é hoje, que a pessoa entra como chefe, sem saber nada sobre polícia e um segundo depois de formado comandará agentes especiais de mais de trinta anos com invejáveis serviços prestados à segurança pública. Nas forças armadas ninguém faz concurso para general, coronel e etc..A pessoa entra como tenente (como é em todas as grandes policias do mundo) e através de cursos, bravura e méritos poderá galgar as funções da carreira que será única.Alguns chegarão a coronel e até a general, mas nem todos serão promovidos somente por tempo de serviço, até porque vagabundo, corrupto e policiais inúteis também envelhecem.

Hoje a Polícia Federal tem um dos menores subsídios do serviço público em relação a outras carreiras que sempre ganharam menos e isso se dá exclusivamente pelo pelea fratricida que se pratica entre os delegados e os outros, como dizemos. Hoje temos mais de 20 suicídios na PF somente em três anos e nenhum delegado se suicidou. O quer dizer isso? Não sei, mas acho que qualquer perda de vida humana merece ser estudada a sua razão. Milhares de agentes, escrivães e papiloscopistas já deixaram a PF por falta de uma carreira de verdade, vão embora e alguns confessam que estão indo embora para não fazerem algum confronto maior e inesperado com algum delegado, com outro colega ou até com ele mesmo. A verdadeira guerra existente hoje entre agentes e delegados está muito mais longe de acabar e por falta de uma liderança capaz de conduzir esses policiais a uma união necessária para uma profissão como essa.

Por que você fez uma página no face lançando o juiz Moro à Presidência ?

Adorei essa pergunta até porque milhares de amigos que tenho me perguntaram isso. Quero deixar bem claro que não conheço pessoalmente o juiz federal Sergio Moro, mas conheço perfeitamente quando uma pessoa tem caráter, é íntegro e quer fazer o bem para o Brasil e para o povo brasileiro. Leio, escuto e vejo tudo que o juiz Sergio Moro vem falando, escrevendo e despachando nos autos. Hoje estou aposentado da PF, mas trabalhei como agente federal especial por 32 anos anos e sempre operacionalmente como podem ver até na Wikipédia que fizeram para mim e essa experiência me da certeza em saber o quanto é difícil ser honesto nesse Brasil corrupto , o quanto é perigoso colocar na cadeia donos de empreiteiras que venho acusando sem sucesso tem anos. Vejo no juiz Sergio Moro uma pessoa que poderia dirigir o pais com o coração de um brasileiro de verdade e não com a cabeça diabólica e corrupta da maiorias esmagadora dos políticos brasileiros. Deixo uma pergunta para reflexão: Qual o líder brasileiro existente hoje que seria capaz de transformar o Brasil em uma nação honesta , promissora e de primeiro mundo? Digam pelo menos um nome de qualquer partido político.

Aécio, irão gritar os tucanos que sentem falta das mordomias e das tetas que mamaram por anos e mais alguns que votam pela aparência jovial, como fizeram com o Collor. O avô do Aécio era um líder de verdade, mas a liderança infelizmente não é hereditária. Alguns culpam os nordestinos pela vitória do PT, mas na verdade quem elegeu o PT e a Dilma foram os eleitores de Minas Gerais, local onde ele não poderia perder nunca. Falar no PSDB como solução para os problemas brasileiros é o mesmo em falar que o Maluf é a solução para o fim da corrupção no Brasil.Dos tucanos existentes hoje só respeito ainda o senador Tasso Jereissati, Álvaro Dias e  o prefeito de Manaus Arthur Virgílio. O resto são viúvas do poder em busca do Retorno do Jedi.

Qual a grande liderança hoje do Partido dos Trabalhadores - PT ? Os petistas em geral gritarão, O LULA. E para ai, porém hoje o Lula é para mais da metade dos brasileiros o Lula que sabia de tudo que ocorre no  Brasil em termos de corrupção, jogos de poder imundos e sombrios, verbas de campanha e uma infinidade considerável de etc… Os religiosos acreditam que não cai uma folha sequer se Deus não quiser, pois eu acredito piamente que não acontece nada  de bom ou de ruim no PT que Lula não saiba.

Poderia ficar aqui falando de partido por partido e não iríamos achar nenhum nome que possa ser no mínimo confundido como um líder revolucionário legal para tirar o país dessa lama sem fim. Não acredito em nenhum partido político no Brasil, não cumprem seus programas, fazem alianças com outros partidos que pregam o contrário. Entendo sim que não se faz uma democracia sem  partidos políticos fortes, mas esses partidos políticos fortes, honestos e promissores não existem ainda no Brasil e talvez ele possa surgir através de uma pessoa que seja correta. o nanico partido PRN, se transformou em um partido “grande” do dia para a noite com a vitória do Collor e se alguém aqui comparar o juiz Sergio Moro com o Collor poderá ser taxado de petista traidor ou tucano apavorado.

Lancei sim o juiz Sérgio Moro como candidato a presidente do Brasil, é a forma que encontrei para fomentar o debate sobre a falência dos partidos políticos no Brasil que ainda acham que partido grande é aquele que elege o maior número de candidatos, não importando quem é essa pessoa ou a forma que ela foi eleita. Para mim partido político tem um significado muito diferente disso. Agora só espero que o juiz Sérgio Moro, pelo menos pense nessa possibilidade de se candidatar a presidente da República.

 

Usar mais grampos  e investigar menos melhorou ou piorou a qualidade dos inquéritos ?

 

Não melhorou e nem piorou, Não tem como piorar ou melhorar o  inquérito policial que é uma peça inquisitória da época da inquisição da igreja e foi trazida para o Brasil pelo império português. O inquérito há muito tempo é uma peça que facilita o jogo de poder, a prescrição do feito e até a corrupção, em alguns casos que já foram amplamente noticiados. O inquérito policial hoje só serve para manter o poder dos delegados em alta, sabe o que ter o poder de indiciar ou não, eis a questão ? Pois é, o indiciamento no inquérito é apenas uma indicação do crime cometido para o ministério público e a justiça que aceitam ou não essa indicação. Em suma o indiciamento é NADA frente à denúncia do MP para a propositura do devido processo legal judicial. Agora quem sabe disso? Todos os bacharéis em direito, espero eu e mais alguns estudiosos. Já a grande maioria do país pensa que indiciamento é acusação terminal, a pessoa tem seu nome jogado na lama através da mídia, seus familiares são taxados de bandidos no dia seguinte da notícia, o indiciado perde o cargo, o emprego e até os “amigos” e depois, no MP e na justiça fica provado contrario e ai  saí uma notinha na imprensa ( quando sai) dizendo que o indiciado foi inocentado. Os delegados de polícia fazem um lobby agressivo e ameaçador no congresso nacional e através desse poder dado pelo inquérito policial estão aprovando o que bem entendem no congresso nacional atual e no passado. Portanto o grampo , nos países mais avançados na ciência policial desprovidos do principio bacharelesco usam o grampo como mais um meio de prova, mas nunca o único, como se vê aqui onde o grampo virou um procedimento de investigação viral.

Garisto , já que estamos falando de investigação policial, qual a sua opinião sobre a delação premiada ?

 

Olha, sou bacharel em direito com inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil e fiz o juramento de lutar pela boa aplicação das leis e a rápida administração da Justiça , por isso vejo com muita preocupação que possa acontecer em breve uma vulgarização desse importante instituto de provas. Entendo que assim como o grampo telefônico a delação premiada deva ser mais um mecanismo a ser usado para nortear a investigação, mas ela nunca vai poder ser o único meio de prova para uma acusação de quem quer que seja. Entendo que o juiz Sérgio Moro está sabendo usar com sabedoria esse novo mecanismo no Brasil, mas não sei se posso ter a segurança jurídica necessária para afirmar que todos os juízes irão atuar assim. Não podemos acreditar em tudo que um acusado falar sobre o outro. Devemos ter em mente que para se livrar da cadeia por anos a pessoa pode delatar quem bem entender. A minha opinião é que essa Operação Lava a Jato colocou na cadeia empreiteiros famigerados que presidem empreiteiras que estão de uma forma ou de outra citadas nos grandes escândalos de corrupção bilionárias em todos os governos, inclusive no governo militar . Ver donos de empreiteiras que são acusadas de corrupção por mais de 20 anos sem qualquer punição e constatar que isso só foi possível por conta da Delação Premiada, não é de se desprezar essa forma de provas, mas que ela deve ser fiscalizada com veemência isso também não posso negar. Temo que a delação premiada vire um concurso de mitômanos que tentam de tudo para se safarem de suas acusações e penas e com o passar dos anos isso se torne uma coisa inútil e esquecida, até porque outras investigações bilionárias ou não podem não ter o privilégio de ter o juiz e os procuradores da república que a Operação Lava a Jato têm e assim temos que atentar sempre e vigiar impedindo que os acusados em acordo de delação premiada “comandem” as investigações apontando quem deve ser acusado com eles ou não.

 Zé Dirceu chegou a te prometer a direção da PF… O que acha dele hoje ?

Claudio, vou narrar aqui uma coisa que nunca contei para ninguém, ia guardar para o livro que estou escrevendo, mas vou dizer a você :

Todos sabem que o Lula com o PT foram derrotados em três eleições anteriores para a presidência da república. Quem conhece o Lula pessoalmente sabe que ele pode gostar de muita coisa na vida, mas não gosta e odeia perder até no jogo de palitos e perder pela quarta vez era uma coisa impensável para o Lula na época.

Dentro desse contexto e faltando três anos para as eleições de 2002, tive um encontro de trabalho com o então deputado federal José Dirceu, o chefe de gabinete dele na época era também o meu assessor parlamentar no Congresso Nacional, nessa ocasião eu era o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais e tinha uma relação sindical profissional espetacular com o deputado, o qual era apontado como um dos mais influentes na legislatura de então.

Nesse encontro com José Dirceu, por curiosidade perguntei a ele quem seria o candidato do PT para presidente da república, o Lula dizia aos quatro cantos que havia desistido. O José Dirceu me respondeu revelando que havia falado com o Lula diversas vezes e ele repetia constantemente : “Só sairei candidato novamente a presidente da república se pararmos com esse fanatismo ideológico selvagem e separatista que amedronta tudo e todos e ainda quero muito dinheiro para a campanha e no mínimo a neutralidade da TV Globo , dos banqueiros e das empreiteiras”.  O deputado José Dirceu ficou encarregado de realizar esses sonhos do Lula e começou a mapear as pessoas que eles achavam fanáticas demais.Quantos fundadores do PT foram afastados por exagero no discurso esquerdista? O Jose Dirceu teve um encontro com figurões da TV  Globo,  que aliás  recebiam todos os candidatos, e mais algumas audiências seguidas com os grandes banqueiros e mega empreiteiros. Tudo isso nos dois anos antes das eleições.

Assim, dinheiro não faltou na campanha do Lula, a Globo quando não elogiava, também não atacava, assim como fez com o outro candidato tucano, o que naquela altura valia muito . A indicação do marqueteiro Duda Mendonça foi aceita  e nascia assim o LULINHA PAZ e AMOR . Lembram? O que o Deputado José Dirceu ofereceu como garantias  para o apoio ou a neutralidade da Globo, empreiteiros e banqueiros  seria leviano afirmar , já que imagino, mas não posso escrever.

Duda Mendonça deu um banho de loja político no LULA do ABC e só a Regina Duarte ficou com medo dele naquela eleição, a qual ele ganhou finalmente.

Em seguida Lula sabia que se não tivesse maioria folgada no Congresso Nacional teria uma passagem breve pela presidência e o poder. Lula tinha o Collor como exemplo, ou alguém acha que o Collor seria afastado pelo impeachment se ele tivesse maioria no congresso? Claro que não.

Enfim poderia ficar aqui falando do ex-deputado José Dirceu por longas páginas, mas vou resumir : Acreditei quando o deputado José Dirceu me convidou para chefiar a PF e isso custou muito para ele, pois mesmo que eu não tenha sido nomeado, José Dirceu deixou inimigos poderosos na PF por ter "lutado” pela minha indicação. Sei que não fui nomeado diretor da PF porque a relação entre Lula e Romeu Tuma era muito maior do que possam imaginar os simplórios, preguiçosos e inadvertidos historiadores. Quem ganhou aquela disputa pela direção geral da PF no início do governo Lula foi o senador  Romeu Tuma e quem me disse isso foi ele, dentro do cafezinho do senado e na frente de dezenas de sindicalistas da PF.

O José Dirceu de hoje está milionário e tranqüilo financeiramente pelo resto da vida com seus trabalhos de assessoria, mas o político José Dirceu , mesmo assim  não está feliz e quer retornar  em 2018 como candidato a deputado ou senador e com certeza, na minha opinião será eleito. Se você analisar José Dirceu de Oliveira e Silva do ponto de vista clássico da ética e moral, certamente você estará propenso a condená-lo, mas se analisar José Dirceu como o grande arquiteto político que levou Lula e o PT ao poder e pagou por isso com cadeia sem apelar para uma delação premiada, então verá que ele merece respeito, se analisar dessa forma e desarmado de rancores ideológicos. Com a minha experiência posso ter a convicção que o José Dirceu , no mensalão, não pegou um centavo sequer para ele, mas que ele comandou essa verdadeira estratégia financeira eleitoral e inundou o PT de verbas eleitorais das mais variadas e possíveis formas e rótulos, isso eu não tenho a menor duvida. Entendo que a história de José Dirceu ainda não está terminada.

 

O que você acha da proposta dos delegados que buscam a autonomia da PF com a PEC 412?

 

Essa PEC 412 não da autonomia para a Instituição Policial Federal, ela da mais poderes e autonomia para os delegados da polícia federal fazerem normas funcionais e administrativas que irão favorecer somente os delegados. Há vinte anos travamos uma luta feroz contra os delegados dentro do Congresso Nacional, onde todos os anos tentam se equiparar a juízes e procuradores da república. Durante a última eleição a presidente Dilma mandou uma PEC ( parou a campanha para assinar essa PEC) onde o tratamento para os delegados fossem equipados aos juízes, advogados e procuradores. Exigiram e conseguiram ( não sei como) que a presidente da república abrisse mão de nomear quem quisesse para a direção geral da PF, sendo que hoje, somente delegado pode ser nomeado como DG, coisa que nem nos Estados Unidos existe. Um dia depois da PEC ser transformada em lei , em tempo recorde e em época de eleições, os delegados do Brasil inteiro fizeram memorandos internos exigindo que fossem chamados de excelências imediatamente pelos demais servidores da PF.Antes já exigiam, sem sucesso, que fossem chamados de doutores, esquecendo que doutor é título acadêmico usado apenas para quem tem doutorado. Essa é a verdadeira busca por “autonomia” que buscam os delegados e se os parlamentares não estudarem melhor essa PEC 412 e se ela for aprovada verão que estão criando um verdadeiro quinto poder que será a “republica dos delegados” . Quem não se lembra da PEC 27 apresentada pelos mesmos delegados para que o ministério público ficasse proibido de investigar? Essa PEC 27, que foi chamada de PEC da CORRUPÇÃO foi derrotada pelos agentes , escrivães e papiloscopistas da PF com a ajuda do Ministério Público e também fomos ajudados pelo clamor público através de protestos de ruas na época da copa ,que exigiu entre outras coisas a retirada dessa maldita e nefasta PEC 27, onde os delegados tentaram aniquilar o MP por completo. Agora voltam a carga com essa PEC 412, iludindo parlamentares,induzindo a mídia  e o povo em geral ao falso entendimento que buscam “autonomia” para a PF poder investigar, quando na verdade a PF já tem essa autonomia legal e se algum investigador avisa o ministro da justiça ou até outros ministros e a presidenta sobre investigações que deveriam ser sigilosas é porque quer fazer isso e não porque é obrigado por lei. Os delegados tentam “surfar” no sucesso da Operação Lava a Jato, que está sendo comandada pelos procuradores da República. Essa PEC 412 é mais uma estratégia dos delegados de polícia que buscam o poder total e incontrolável a qualquer preço. Com essas atitudes mesquinhas , separatistas, corporativas e deletérias os delegados da PF estão conseguindo criar um verdadeiro clima mortal dentro da Polícia Federal.