Mais zumbis do PT emergem das névoas para fuzilar Dilma (sob encomenda)

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Mais zumbis do PT emergem das névoas para fuzilar Dilma (sob encomenda)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Este blog, há 3 dias, sustentou que o ex-presidente Lula estava pessoalmente comandando uma ofensiva contra a presidente Dilma. A ordem é: criar um clima de instabilidade institucional no país para que Dilma perca apoio político. Com as pernas quebradas, Dilma teria que, de joelhos, curvar-se ante o núcleo lulista do PT.

Leia aqui:

https://br.noticias.yahoo.com/blogs/claudio-tognolli/comando-zumbi-do-pt-sob-ordens-de-lula-quer-a-012130219.html

Sustentei que os dois primeiros zumbis já estavam nas ruas, a mando de Lula, e com as pupilas mirando a carótida de Dilma: Marta Suplicy e Zé Dirceu.

Pois bem: nesta quinta-feira (22/1) o Estadão dedica sua página A-4 inteira a Zé Dirceu. O matutino refere que Dirceu já recebeu mais de 30 políticos do PT em sua casa, no Lago Sul de Brasília, para o processo de fumigamento e fulminação de Dilma. A ideia é que, às vésperas da comemoração de 35 anos do PT, em fevereiro, Dilma já fique de joelhos: exausta de fogo amigo, e com os olhos de bezerro órfão barra pônei constipado, mirando o olhar laser superior de Dr. Lula.

Bem: sabemos como Lula age, mesmo com seus sicários do PT (em Roma o termo sicário era dado a pessoas armadas com punhais longos…). Lula não bate: manda bater. Evita confronto direto. Aprendeu isso com o general Golbery (na Abertura Política, preconizada pelo general, os políticos biônicos, nomeados pelos milicos, visavam criar interlocuções indiretas com a sociedade civil, para que os militares não se desgastassem no embate direto, olho a olho).

Lula manda seus zumbis baterem em Dilma. Só depois rendida no tatame ele vai olhá-la frente a frente. Afinal não se entrega o leite em política (aliás um dos raros axiomas seguidos por nossos homens públicos….)

Colecionei a lista de zumbis teleguiados por Lula que perduraram o ataque inicial feito por Marta e Dirceu. São ataques pulverizados, caleidoscópicos: para que se tenha a sensação de que uma suposta coisa chamada “sociedade civil” está indignada.

Eis as manifestações do zumbinato ant-Dilma, d’aprés Marta barra Dirceu:

1- Em um boletim divulgado após o anúncio dos ajustes fiscais do governo, a Fundação Perseu Abramo, do PT, critica a gestão de Dilma Rousseff.

O texto afirma que a presidente, no início deste segundo mandado, ‘adota estratégia bastante conservadora e ortodoxa na política econômica’. “O problema é que, diante da continuidade de um mundo em crise e da desaceleração abrupta do mercado interno (ultimo motor de crescimento da economia nacional que ainda funcionava), a possibilidade desses ajustes aprofundarem as tendências recessivas da economia nacional não é desprezível”, acrescenta.

Em anuncio na segunda-feira (19), o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, disse que os aumentos de tributos ajudarão a reequilibrar a economia e facilitarão a retomada do crescimento. Na avaliação do ministro, o reforço de R$ 20,63 bilhões na arrecadação, proporcionado pelos reajustes, contribuirão, de forma importante, para o aumento da poupança pública e fortalecimento da política fiscal.

“Estamos tomando uma sequência de ações para reequilibrar as contas públicas com o objetivo de aumentar a confiança, o entendimento dos agentes econômicos, de modo que possamos ver a retomada da economia em novas condições”, declarou o ministro.

Isso não pode passar batido aos zumbis.

2- Logo depois da Perseu Abramo, outro petista engrossou o coro da oposição sugerindo a saída do ministro da Fazenda, Joaquim Levy.

Marido da deputada Maria do Rosário (PT-RS), Eliezer Pacheco, secretario na prefeitura de Canoas (RS), postou uma critica ao governo no Facebook:

“Sou PT mas não sou cordeiro nem omisso. Para enfrentar a crise, o governo optou por achacar os assalariados, como sempre fizeram os governos de direita, em vez de enfrentar os sonegadores e o grande capital.Não foi nisto em que votamos.Em defesa de nosso projeto e do PT,FORA LEVI.

Não trairemos nosso Projeto NEM QUE A VACA TUSSA!”

3- Ex-maior repórter do país, ex-assessor do president Lula, o jornalista Ricardo Kotscho, em seu blog, disse queo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, deveria tirar algumas lições em Davos, na Suíça. Segundo ele, o ministro deveria perguntar aos colegas americanos como o governo do país “como é possível fazer um ‘ajuste fiscal’, tirando de quem tem mais e vive da especulação financeira, para beneficiar quem vive apenas do seu trabalho, ao contrário do que o ministro vem planejando por aqui”, como pretende Barack Obama.

Disse o ex-assessor de Lula: “A presidente Dilma e o ministro Levy bem que poderiam ler este estudo antes de apresentar as propostas brasileiras em Davos.

Barack Obama já está fazendo sua parte para evitar que este abismo entre ricos e pobres cresça ainda mais.

E nós?”

Esperem mais fulminações contra Dilma: todas dispersamente pontuais, todas ligadas singularmente ao PT: todas por encomenda pessoal de Lula.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos