A bomba do árbitro Gutemberg de Paula Fonseca contra a Comissão de Arbitragem brasileira

A rádio Jovem Pan começa o ano com uma bomba no futebol brasileiro. Entrevistado pela emissora, o árbitro Gutemberg de Paula Fonseca disparou contra o presidente da Comissão de Arbitragem brasileira, Sérgio Corrêa da Silva.

Segundo Gutemberg, Sergio Corrêa praticamente obrigava os árbitros a ligarem para ele para "receberem instruções" após o sorteio de arbitragem (os juízes das partidas do Brasileirão são feitos por um sorteio dirigido). "Ele me disse antes do jogo em que o Corinthians ganhou por 5 a 1 do Goiás: é jogo do Timão, hein? O que eu posso entender com isso? Que se o Corinthians não ganha, eu posso nunca mais ser escalado".

Ele também disse que não existem critérios objetivos para definir quem é árbitro Fifa ou não. "Acho que voltamos aos tempos das Capitanias Hereditárias, mas na arbitragem brasileira. Não há critério (...) a não ser político, de interesse pessoal dele".

O árbitro está escaldado porque acabou de perder sua condição de árbitro Fifa, o ápice de status entre os juízes de futebol. Ele entende que não merecia e que era perseguido por Sérgio Corrêa da Silva. Escaldado ou não, ele diz ter provas. São elas que temos que nos ater nesse momento antes de sair por aí acusando Fulano ou time X.

Se as provas não disserem nada, Gutemberg cairá no ostracismo como um fanfarrão, e tomará um processo monstro, merecidamente. Mas se tiver, poderíamos ver uma devassa no futebol brasileiro. Ele sugere que o Corinthians é beneficiado. Andrés Sanchez, ex-presidente do clube, é homem forte na CBF. Ronaldo Fenômeno, embaixador informal do clube, tem voz no Comitê Organizador da Copa, o COL. Esse assunto pode ter uma dimensão bem maior do que parece.

Que Gutemberg diga de uma vez o que tem a dizer, e prove.

-------------

Para ouvir o áudio da entrevista de Gutemberg à Jovem Pan, clique aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos