Polícia da Escócia ‘prende’ cachorro por assassinato

Eita!
O 'criminoso': Dudley, de cinco meses de idade. (Divulgação/Facebook)

O Departamento de Polícia do estado de Dumfries and Galloway, na Escócia, divulgou esta semana uma imagem de um cãozinho “acusado” de assassinato que tinha acabado de ser “capturado” pelos agentes.

“Dudley”, como é conhecido o pequeno animal, tem apenas cinco meses de idade e foi considerado “culpado” por ter roubado uma mangueira e destruído um jardim de tulipas. “O esquadrão de homicídios rapidamente conseguiu imagens de câmeras de segurança e seguiu diversas ‘pistas’”, explicou publicação da corporação do Facebook.

(Divulgação/Facebook)

“Ele foi preso essa manhã e irá a julgamento no próximo dia, onde espera-se que seja levado para a ‘casa dos grandes cães’”, continuou o texto, que logo explicou toda a brincadeira. “Nossa página faz quatro anos hoje, então porque você não nos dá um ‘curtir’ e faz dessa a nossa principal publicação?”.

É, tudo não passava de uma piadinha de aniversário dos policiais escoceses. Mas ela foi muito bem recebida pelos internautas e a estratégia até funcionou: o post tinha quase 500 compartilhamentos até a tarde desta quinta (29). “Eu tenho um cãozinho igualzinho chamado Dudley também! Achei isso hilário!”, escreveu uma moça nos comentários.

Nas fotos publicadas, o Departamento de Polícia de Dumfries and Galloway explicou que tudo começou quando um internauta revoltado publicou na página deles sobre um suposto “assassinato” de seu jardim de tulipas. “Algum cretino veio ao meu jardim no meio da noite e roubou pedaços da minha mangueira”, dizia. Bom, ele não foi levado muito a sério – afinal, o tal do bandido não é tão perigoso assim...

(Divulgação/Facebook)