Crise na Europa deixa viagens mais baratas

Tainah Fernandes
Guia do Bolso

Enquanto a crise financeira global assombra os mercados mundiais, os brasileiros aproveitam os preços mais convidativos para viajar para o exterior. De acordo com o Banco Central, nossos gastos no exterior aumentaram 12,41% em setembro deste ano, comparado ao mesmo mês de 2010. E a Europa é uma das opções mais atraentes. 

Leia também:
G20: Dilma defende solução de crise via FMI
Europa está decidida a aplicar resgate à Grécia
Declínio do setor privado sinaliza recessão na zona do euro
Veja dicas de roteiros para seu perfil
Planeje o uso do 13º salário






Além do efeito do câmbio sobre os preços – o euro se desvalorizou frente ao dólar e, hoje, é cotado em torno de R$ 2,41 -, o estímulo ao turismo no velho continente tem atraído ainda mais os brasileiros.

Ocorre que em vários países europeus, especialmente naqueles mais afetados pela crise, como Portugal, Itália, Grécia e Espanha, a atividade turística está contribuindo para atenuar os efeitos da crise econômica interna. Assim, de acordo com a Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav), pacotes para estes destinos estão, em média, 15% mais baratos em relação ao mesmo período do ano passado.

Com a valorização do real nos últimos anos, a expectativa do setor de turismo era que a procura por pacotes para destinos internacionais tivesse um aumento expressivo em 2011. E essa projeção se confirma. Segundo Marco Ferraz, presidente da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa), os planos vendidos para a Europa representaram 33% do faturamento dos 86 associados da Braztoa no primeiro semestre.

Já que as férias estão chegando, o Yahoo! consultou duas operadoras de turismo para saber quais são os pacotes mais baratos para aproveitar os dias de descanso nesses belos – e agora mais acessíveis - países mediterrâneos. Ainda dá tempo!


Portugal

Ver as imagens

O pacote de quatro noites de hospedagem em apartamento duplo com café da manhã no Hotel Almirante, em Lisboa, da MegTur inclui transporte aéreo de ida e volta e traslado e é oferecido a partir de R$ 2.370*.

Já na ViaBr Turismo & Eventos, o plano de quatro noites de hospedagem em apartamento duplo com café da manhã no Hotel Almirante, em Lisboa, sai a partir de R$ 2.594,24*. O turista também conta com passagem aérea de ida e volta.


Itália

Ver as imagens

Com preços a partir de R$ 2.460*, a MegTur disponibiliza quatro noites de hospedagem em apartamento duplo com café da manhã no República Hotel, em Roma, traslado e passagem de ida e volta.

Quatro noites de hospedagem em apartamento duplo com café da manhã no Timhotel Opera Madeleine, em Roma, transporte aéreo de ida e volta sai a partir de R$ 2.779,24* pela ViaBr Turismo & Eventos.

Grécia

Ver as imagens

Pela ViaBr Turismo & Eventos, três noites em apartamento duplo com café da manhã no Hotel President, em Atenas; uma noite em Olímpa, no Arty Grand Hotel; uma noite em Delfos, no Apollonia Hotel e uma noite em Larisa, no Divani Palaca Larisa custa a partir de R$ 4.241,60*. O pacote inclui ainda passagem aérea de ida e volta, traslado, três jantares na Grécia (sem bebida), cartão de assistência e serviços com guia local em espanhol.

A MegTur oferece pacote de seis noites com hospedagem em apartamento duplo com café da manhã no Hotel President, em Atenas. A opção dispõe de transporte aéreo, traslado, três jantares na Grécia (sem bebida), serviços com guia local em espanhol  e cartão de assistência viagem. Tudo sai a partir de R$ 4.434*.

Espanha

Ver as imagens

Na MegTur, o pacote de quatro noites de hospedagem em apartamento duplo no Gran Atlanta Hotel, com café da manhã, em Madri, transporte aéreo e traslado sai a partir de R$ 2.553*.

Outra opção é o plano da ViaBr Turismo & Eventos de três noites de hospedagem em apartamento duplo com café da manhã no Gran Atlanta Hotel, em Madri, e três noites de hospedagem em apartamento duplo com café da manhã no Rialto Hotel, em Barcelona. O pacote inclui passagem aérea de ida e volta e custa a partir de R$ R$ 2.604,80*.

(*) Valores convertidos com base na cotação do dólar do dia 04 de novembro de 2011. Todos os valores, bem como forma de pagamento, estão sujeitos a alteração e disponibilidade no ato da reserva.