A solução é higienizar o Brasil!

Quem acompanha este blog sabe que o gigante, de fato, acordou. O Brasil do Bem não aceita mais conviver com as mazelas políticas, econômicas e sociais do Brasil do Mal. Finalmente, saímos do berço esplêndido do Facebook para partir para a ação direta nas ruas. Nós, da classe média educada e culta, não podemos mais nos calar diante de uma gente feia, suja e mal educada que insiste em compartilhar conosco os mesmos espaços públicos.

Diante de um moleque insolente e sujo, o funcionário das Lojas Americanas resolveu lhe dar pauladas pedagógicas em sua barriga. Uma ação tão legitimada pela sociedade, que o autor não se sentiu constrangido diante dos olhares alheios Ele sabia que aquela ação seria aprovada pela maioria dos transeuntes, claro, até porque o pretinho tinha cara de "ladrão", "vagabundo" e "favelado", como tantos defensores daquele professor de bons modos afirmaram.

Além desse, essa semana tivemos vários outros casos de higienização social. Primeiro foi o movimento "SOS Canasvieiras", que luta para que essa praia sofisticada fique livre da presença incômoda de mendigos, que insistem em dividir a areia com os pagadores de impostos. Vejamos algumas mensagens de pessoas que, não aguentando mais conviver com a escória, decidiram ir às ruas protestar:

"Não precisamos de mendigos: Fora!"

"Balneário Camboriú, para de jogar mendigos na nossa praia. Que vergonha!"

"Estamos tentando limpar a praia para a chegada do turista. Isso está queimando nossa imagem"

Com essa consciência e sensibilidade social, o povo lindo e louro da praia de Canasvieiras não aceitará mais ter que dividir seu pedacinho do céu com gente feia e fedida. Eles que durmam nas calçadas de Camboriú!

Já em Minas Gerais, a prefeitura de Belo Horizonte inovou no trato com os mendigos e instruiu seus fiscais a gentilmente removê-los de áreas públicas. Além disso, a prefeitura poderá retirar todos os pertences que não forem essenciais aos moradores de rua. Ou seja, esses fiscais estão autorizados a enquadrar, revistar e confiscar qualquer pertence que julgue supérfluo para o cidadão pertencente à escória. O fiscal agora é um tribunal de pequenas causas ambulante, podendo decidir quais objetos podem ou não ser carregados por esses cidadãos de segunda classe. O povo VIP aplaudiu e aprovou essa iniciativa, que promove o bem estar coletivo e confere um aspecto mais clean para as ruas da capital mineira. Beagá agora ficará mais limpa, segura e sem gente feia "compondo o ambiance", como diria Ed Motta.

Mas, calma, a Semana da Higienização Social ainda não acabou. No domingo passado, em Copacabana, um morador de rua foi agredido pelo gerente do Pigalle Restaurante - um funcionário de fibra e consciência social. O insolente ousou pedir um prato de comida para os clientes e acabou recebendo um mata-leão de boas vindas. Um casal defensor de vagabundo que almoçava ali, resolveu convidar o mendigo para sentar à mesa e desfrutar de um pequeno banquete. Vocês acreditam que ele teve a ousadia de aceitar? Bom, mas essa audácia não foi longe. O mendigo, não contente em almoçar como se fosse um cliente comum, resolveu adentrar o banheiro do estabelecimento e, logicamente, foi impedido pelos funcionários. É o que eu sempre digo sobre essa gente: você dá a mão, eles querem logo o braço. Não se pode dar confiança mesmo.

Existe todo um aparato ideológico e cultural que legitima a higienização dos espaços públicos e constrange quem ousa defender o pretinho pertencente à escória. Esses defensores de bandidos logo ganham os rótulos de demagogos, hipócritas, barangas e vagabundas. É uma excelente forma de intimidar essas pedras no sapato da família brasileira.

Mas, enfim, está sendo muito bacana poder vivenciar uma época de despertar de um país abençoado por Deus, mas com gente feia e pobre por natureza. O que queremos é um Brasil bonito como Fernanda Lima, inteligente como Lobão e bem educado como Danilo Gentili. Aliás, esse último se mostrou atuante na defesa dos bons valores durante a Semana da Higienização Social. Ao ser ofendido por uma internauta com pesados adjetivos, tais como: "reacionário", "infantil" e "Jô Soares", Danilo colocou-a devidamente em seu lugar de mulherzinha folgada e promíscua. Fique com um trechinho:

Diga onde você vai, escória, que nós vamos varrendo. Piranhas, mendigos, viciados, pobres e nordestinos que se cuidem! A Caravana do Bem está passando com a WAP ligada na velocidade 5 do créu! Esse país vai virar uma imensa Higienópolis!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos