Farsa do playback no “Superstar” finalmente é desmascarada

r-tadeu
Na Mira do Regis

Tempos atrás, quando escrevi a respeito de minhas impressões sobre o tal programa Superstar, afirmei que a parte instrumental de todas as bandas que se apresentavam ali era puro playback e que só os vocais eram realmente “ao vivo” – você pode ler o texto aqui . Choveram reações indignadas de telespectadores, dizendo que eu não sabia de nada, que eu era leviano em escrever tal “barbaridade”, que eu depunha contra a qualidade do programa e outras bobagens do gênero.

Pois bem, ontem tudo foi desmascarado e a verdade veio à tona:

Parece inacreditável, mas o responsável pelo playback soltou a música errada!!!

É óbvio que quem trabalha no meio sabe que eu sempre estive certo em minha análise. A questão é que o público que está em casa não foi informado disto. A desculpa dada é que as bandas gravam as partes instrumentais no dia anterior – algo que eu também duvido – para que não rolem erros de execução por parte dos músicos e para que haja tempo para troca de equipamentos em questão de minutos. Afinal de contas, o programa precisa ser gravado ao vivo e levado em tempo real para os lares brasileiros para que a tal “votação” seja feita. Depois do que aconteceu ontem, toda a credibilidade do programa foi por água abaixo.

A intenção de um programa deste tipo é revelar novos talentos, certo? Então por que não colocar realmente gente talentosa para cantar e tocar? Por que não apresentar realmente grupos e cantores que nunca tiveram oportunidades na carreira em vez de chamar gente aposentada – como foi o caso da veterana banda Tianastácia – para voltar à ativa de modo falso e hipócrita?

E quando digo “chamar”, é isso mesmo o que você leu. Ah, você achava que as bandas que se apresentam são aquelas que se “inscreveram” para o programa? Não sabia que a produção do “Superstar” simplesmente liga e convida uma série de grupos presentes em uma lista pré-elaborada pela própria direção do programa? Putz…

É, você precisa aprender um pouco mais a respeito do mundo real e de como funcionam os bastidores da TV. Pena que seja desta forma…