Fotógrafo registra as expressões de crianças refugiadas do Afeganistão

Bruna Schiavo

A pureza da infância devastada pela tragédia da guerra. Este é o tema da série de fotos registradas pelo fotógrafo da Associated Press Muhammed Muheisen. Enquanto estava no Paquistão ele captou as expressões de uma das maiores comunidades de refugiados do mundo, saída da violência do Afeganistão, com um foco especial: o olhar de meninos e meninas entre os dois meses e os 15 anos.

No meio do caos, da violência, da pobreza e da incerteza, milhares de afegãos abandonaram o país rumo ao vizinho Paquistão nos últimos 30 anos. Entre eles, várias crianças foram obrigadas a crescer depressa e procurar refúgio em casas que não as suas. Apesar do medo em regressar ao país natal, muitas destas famílias não se sentem emocionalmente ligadas aos novos lares e algumas não chegam sequer a ter um.

As imagens abaixo, captadas nos arredores da capital, Islamabad, são apenas um pequeno olhar sobre as condições em que vivem estes afegãos.