Jardins verticais invadem São Paulo

Bruna Schiavo

Está cada vez mais comum ver jardins verticais pelos prédios de São Paulo. Esta é a alternativa para pequenos espaços que desejam ter o seu próprio jardim ou criar uma estética além do simples concreto das construções. Esse tipo de jardim reduz o cinza e disfarçam o excesso de cimento das cidades, serve como filtro de gases poluentes, são isolantes térmicos e acústicos, umidificadores de ar e, claro, fortalecem a relação entre homem e natureza.

Em São Paulo, o Movimento 90º é o principal impulsionador deste tipo de espaços. O grupo tem espalhado jardins por diversos cantos da cidade, como contribuição para a melhoria de vida dos habitantes. Um dos espaços ‘decorados’ com um jardim foi o Edifício Honduras, ao lado do Minhocão.

Fonte: Hypeness