Que tal controlar a música que toca no táxi?

A partir de sexta-feira, quem chamar um carro da Uber e for assinante do Spotify poderá escolher que música tocará durante a viagem. A comodidade estará disponível em 10 cidades pelo mundo (nenhuma aqui, por enquanto), e parece bem interessante, se funcionar como o previsto:

Com trânsito, preço do estacionamento, lei seca e o diabo, chamar um táxi é uma proposta cada vez mais atraente nas grandes cidades, especialmente para sair à noite, como indica o comercial. Apps como 99Taxi ou Easytaxi facilitaram bastante essa experiência, deixando mais fácil, confiável, e prático de pagar. O app da Uber – que no Brasil trabalha apenas com carros “de luxo”, ligeiramente mais caros que os táxi – avança um pouco mais nas funcionalidades.

Eu usei o Uber algumas vezes em outros países e achei bem prático. Na tela do app, é possível dizer o destino, e ele vai estimar o preço. Se os dados de pagamento (como o número de cartão de crédito) já estiverem salvos, é só pedir o carro e nem é preciso falar uma palavra: o motorista já sabe pra onde é, e a corrida é automaticamente paga, se estiver dentro do estimado. Em lugares mais movimentados, como a saída de estádios, o app até dá dicas de onde esperar o carro.

Em 3 vezes que usei o Uber nos EUA eu não troquei uma palavra com o motorista, então essa nova funcionalidade com o Spotify faz bastante sentido. Agora, se você pensar bem, essa lógica de poder controlar o que se ouve no táxi é um pouco deprimente: o motorista do Uber parece só um pedaço da engrenagem, que nem deveria estar lá. No táxi, faz parte da experiência ouvir algum papo maluco do taxista, ou a trilha sonora que você não ouviria em outro lugar. O CEO da Uber, Travis Kalanick, já disse que no futuro quer que seus carros dirijam sozinhos. Enquanto a tecnologia não chega, manter os motoristas calados parece o suficiente.

A integração estará disponível a princípio em Londres, Los Angeles, Cidade do México, Nashville, Nova York, San Francisco, Cingapura, Estocolmo, Toronto e Sydney. E a companhia promete expansão para outros países para breve. “Para a Uber, é a primeira vez que nós personalizamos a música dentro de um carro. E para amantes de música é o nirvana”, afirmou Kalanick em coletiva.

Siga-me no Twitter (@burgos)