Cuidado! O ar do escritório pode estar reduzindo sua capacidade cerebral

Super Incrível
(Reprodução/Wiki)

Recentemente, um estudo realizado pelo Environmental Health Perspectives, que inclui pesquisadores de Harvarde e Syracuse, controlou o espaço de escritórios durante uma semana, expondo-os a diferentes situações e observou o desempenho dos funcionários de acordo com as mudanças. O que descobriram pode fazer você repensar o local de trabalho.

Apesar de os níveis de dióxido de carbono no ar não ser mortal, a quantidade presente em grande parte dos ambientes comerciais pode ser considerada prejudicial à saúde e afetar negativamente a função cognitiva dos funcionários. A culpa destas consequências está em locais mal ventilados e todo o CO2 produzido pelos nossos colegas de trabalho e nós mesmos.

Durante o estudo, foram realizadas simulações para mostrar o ar em sua qualidade comum em áreas internas. As condições neste caso tinham baixo nível de composto volátil orgânico enquanto a concentração em ambientes externos são em média bem altas. Também foram criadas situações em que o nível de 'ar natural' era bastante elevado, paralelamente a dias em que o nível de dióxido de carbono era superior ao saudável. A cada dia, variações foram feitas de forma artificial e nem trabalhadores nem pesquisadores tinham conhecimento do meio ao qual estava sendo expostos.

"Nós não queríamos testar o exótico ou o extremo, nós queríamos escolher padrões que encontramos normalmente", comentou o professor assistente de Harvar, Joseph Aleen.

Em espaços de escritório existem muitas pessoas respirando e o nível de ventilação não é suficiente para circular o ar e trazê-lo de fora para dentro. Na pesquisa, os participantes recebiam pesquisas cognitivas para ver quais e como as condições afetavam o trabalho deles. Na média, em relação aos dias normais, os pontos de cognição aumentaram 61% em escritórios com ar limpo, enquanto a elevação foi de 101% em casos de ar extremamente límpido.

Os resultados sugerem que é necessário repensar o que temos considerado como algo inofensivo quando o assunto é dióxido de carbono. Além disso, o problema pode se tornar ainda maior com os níveis da substância perigosa aumentando também do lado de fora. Já que, quanto mais CO2 existe nos ares das cidades, mais difícil mantê-lo longe de escritórios e até mesmo casas. Uma solução de pequena escala, porém importante, para algumas empresas seria garantir para os seus funcionários uma respiração pura e um ambiente de trabalho ventilado. Assim, conforto e produtividade se aliariam.

LEIA MAIS:

Salvar o mundo do aquecimento é mais difícil do que parece
COP21: ONU pede esforços em matéria de saúde pública
Rosetta faz descoberta surpreendente de oxigênio no cometa 67P (estudo)