Feita em 1973, profecia de Fidel sobre EUA e Cuba se concretiza exatamente como dita

Redação Notícias
 
 



Em 1973, em meio à Guerra Fria, o então líder cubano Fidel Castro profetizou sobre o retorno da relação de seu país com os Estados Unidos. Quatro décadas depois, a profecia se provou certa.

“Os Estados Unidos só voltarão a dialogar conosco quando tiverem um presidente negro e quando houver um papa latino-americano”, profetizou Fidel em declaração ao jornalista inglês Brian Davis.

A declaração dada por Fidel não poderia ser mais certeira. Cuba e EUA retomaram relação no ano passado, sob a gestão de Barack Obama — primeiro presidente negro dos EUA. O papa, à época, já era Francisco, nascido na Argentina.

A declaração do ex-líder cubano veio à tona nesta semana por conta de um dos momentos mais importantes da relação recente dos dois países. Em um momento histórico, após mais de 50 anos, a bandeira cubana voltou a ser hasteada nos Estados Unidos.