Primeiro surto de ebola seria mais antigo até que Jesus Cristo

Super Incrível
Reprodução



Um dos males que mais assusta a humanidade nos últimos tempos, o ebola pode ser bem mais velho do que imaginamos. Mais velho até que Jesus Cristo. Segundo pesquisas, a primeira manifestação brutal do vírus teria ocorrido em Atenas, na Grécia, cerca de 2400 anos atrás.

A teoria é de Powel Kazanji, professor de doenças infecciosas, e contradiz o fato de que o primeiro surto de ebola teria ocorrido apenas em 1976, no Congo. As pesquisas feitas por ele indicam que o vírus teria infectado ancestrais dos roedores há pelo menos 20 milhões de anos e teria explodido em humanos há mais de dois milênios.

Pesquisador na Universidade de Michigan, nos EUA, Kazanji especula que o ebola tenha sido responsável por devastar Atenas em uma praga que durou cinco anos. Até hoje, a epidemia em questão era conhecida como síndrome de Tucídides pelos historiadores.

Acontece que, segundo o professor, os sintomas desta síndrome e do ebola são exatamente os mesmos: febre, fraqueza intensa, dores musculares, dores de cabeça e garganta e, depois, vômitos, diarreia, coceira, hemorragias internas e externas e, finalmente, morte.