Animal mais resistente do mundo sobreviveria a uma guerra atômica

charles_nisz
charles_nisz

Todo mundo pensa na barata como o único animal capaz de sobreviver a uma catástrofe nuclear. Mas elas não superam os tardígrados, também conhecidos como ursos d'água. Os animais são extremamente adaptáveis, capazes de viver no frio extremo, no calor do deserto, no fundo do mar e sobreviveriam a um ataque atômico.

Leia também:
Pet shop japonês lança máquina de lavar cachorro
Baratas são sociáveis e fazem amigos

Em 2007, cientistas enviaram tardígrados para o espaço. Após ficarem expostos ao vácuo do espaço, onde é impossível respirar - e onde o nível de radiação é tão alto que seria capaz de matar um humano - alguns deles morreram. Mas os sobreviventes tiveram vida e reprodução normais. Apesar da aparência estranha, eles medem apenas 1mm,

A resistência dos tardígrados acontece por causa de uma habilidade especial. Eles conseguem permanecer em estágio de dormência, no qual "desligam" todos os seus sistemas e processos biológicos. Essa hibernação profunda os deixa blindados à ameaças externas. (vi no Daily Mail)