Barulho humano obriga peixes a gritarem uns com os outros

Vi na Internet

Foto:ScienceMag

O barulho causado pelos quase 8 bilhões de humanos está atrapalhando a comunicação de outras espécies. Segundo uma pesquisa científica,        macacos, baleias, peixes e várias outras espécies animais estão sendo obrigadas a falar mais alto para superar a balbúrdia humana, de acordo com essa
matéria da revista Science Mag. Esse fenômeno é chamado de efeito Lombard. É a primeira vez que ele acontece debaixo d’água.

Leia também:
Baratas são sociáveis e fazem amigos

De acordo com o estudo, até os peixes estão passando pelo efeito Lombard e precisam gritar uns com os outros. Os pesquisadores estudaram o comportamento da Cyprinella venusta, peixe de água doce comum no sudeste dos Estados Unidos e similar às carpas. Os sons desses peixes são de ondas curtas, sendo afetados pelo barulho de barcos e carros.

Somente os machos dessa espécie emitem sons. Os sons mais fortes, parecidos com uma batida, são usados para afugentar outros machos. Já o outro som, parecido com um rosnado, é usado para cortejar as fêmeas. Em testes de laboratório, os cientistas comprovaram o aumento do volume desses sons quando expostos a sons exteriores ao ambiente natural. Mais um tipo de poluição, né?

Siga-me no Twitter: @charlesnisz