Células-tronco fazem paraplégicos recuperarem sensibilidade na coluna

Charles Nisz
Charles Nisz10 de setembro de 2012

"Levanta-te e anda". Com essa frase, Jesus teria feito um homem paralítico andar, segundo um relato contido nos evangelhos de Mateus, Marcos e Lucas. Mas parece que esse milagre está cada vez mais perto de se tornar realidade num futuro próximo.

Pela primeira vez, pessoas com fraturas na coluna recuperaram a sensibilidade após receberem injeções de células-tronco. Três pacientes receberam cerca de 20 milhões de células-tronco diretamente na região lesionada do cordão espinal, cerca de 4 a 8 meses após a fratura na coluna

Nenhum deles tinha sensibilidade abaixo do peito antes do tratamento. Seis meses depois de receberem a injeção, dois deles reagiram ao toque e ao calor na coluna, na região entre o peito e o fim da coluna. O terceiro não reagiu ao tratamento.

Segundo Armin Curt, médico do Balgrist University Hospital, em Zurique, Suiça, onde os pacientes foram tratados, "os pesquisadores estão intrigados com uma reação tão boa ao tratamento com as células-tronco. Isso pode dar um forte impulso ao tratamento de paraplégicos".

De acordo com os pesquisadores, as células-tronco podem ser eficazes na restauração dos impulsos nervosos entre o cérebro e as células do cordão espinal. Elas podem substiuir as células danificadas ou reduzir as inflamações causadas pelas lesões na coluna. Será que a cura dos paraplégicos está próxima? (vi na New Scientist)