Contatos são mais importantes para a carreira do que o diploma

Charles Nisz
Charles Nisz6 de agosto de 2012

Seus contatos na infância e adolescência são a chave para o sucesso profissional. Em constraste, sucesso acadêmico nem sempre é sinal de uma carreira bem-sucedida. Essa é a conclusão de uma pesquisa realizada pelo professor Craig Olsson, da Deakin University (Austrália).

Olsson e sua equipe analisaram os dados de 804 pessoas e acompanharam a vida delas por 32 anos. O objetivo era analisar o peso do desempenho acadêmico e das relações sociais em relação ao sucesso profissional e riqueza na idade adulta.

De acordo com os pesquisadores, há uma forte correlação entre a sociabilidade na juventude e o sucesso profissional na fase adulta. Por outro lado, o sucesso acadêmico na infância  - fruto do desenvolvimento de habilidades linguísticas - tem peso menor. A analise mostra que as relações sociais e o sucesso acadêmico não estão relacionados e seguem caminhos paralelos.

Na conclusão, eles reforçam a necessidade de desenvolver habilidades sociais na criança: "Se esses caminhos são separados, os pais e a escola devem ajudar a criança a estabelecer vínculos sociais". Ou seja, ter uma boa rede de contatos é decisivo para obter um emprego e sucesso profissional. (vi no Medical News Today)