Creche na Dinamarca cuida de crianças para que os pais façam mais bebês

Charles Nisz
Charles Nisz
19 de setembro de 2012

Um grupo de funcionárias de sete creches na Dinamarca fez uma proposta "irrecusável" aos pais de crianças pequenas: prometeram cuidar gratuitamente das crianças por duas horas nas noites de quinta. Em troca, os pais usariam esse tempo livre para fazer novos bebês.

O intuito da campanha é tentar reverter o déficit de natalidade da Dinamarca, um dos maiores do mundo. O país escandinavo ocupa o 185º lugar entre 221 países no ranking de nascimentos. Mas a intenção não é apenas social: a profissão de babá corre risco de ser extinta na Dinamarca.

Nem todos os pais, entretanto, pretendem a usar o tempo livre para "gerar bebês", segundo Dorte Nyman, funcionária de uma creche em Grasshopers. Muitos deles afirmam: "Traremos nossos filhos, mas não esperem que façamos mais!"

Se a população mais velha continuar crescendo, a Dinamarca não conseguirá financiar as pensões e outros benefícios sociais providos pelo Estado. Haverá menos gente em idade economicamente ativa. Que problema incomum, não? (vi no Daily Telegraph)