Empresa cria lâmpada sustentável que dura 20 anos e custa US$ 60

Charles Nisz

A Philips venceu um concurso promovido pelo governo americano para criar lâmpadas mais eficientes e sustentáveis. O produto venceu a competição Bright Tomorrow ("Amanhã brilhante", em português), para desenvolver alternativas mais eficientes à lâmpada comum, de 60 watts, com menor consumo de energia.

Para aumentar a eficiência, os filamentos foram substituídos por diodos emissores de luz (LED, na sigla em inglês). A tecnologia aumenta a vida útil do produto - dura até 20 anos - mas encarece as lâmpadas. O preço sugerido é de US$ 60 (R$ 110). Para incentivar o uso, a Philips está subsidiando o produto em algumas lojas.

Por conta do subsídio, a lâmpada está sendo vendida por até  até US$ 20 (cerca de R$ 35). Segundo a fabricante, apesar do alto custo, a lâmpada pode trazer economias no longo prazo, já que consome menos energia elétrica para funcionar. Curtiu a ideia? (vi nesse site)