Vi na Internet

Homem joga Civilization por 10 anos para prever futuro do mundo

Civilization é um jogo que simula a criação de uma civilização (como seu nome diz). Você deve escolher uma tribo (egípcios, vikings, romanos, etc.) e gerenciar os recursos de forma a fazer com que a sua tribo prospere. Para saber o que aconteceria com a humanidade daqui a um milênio, um jogador conhecido apenas como Lycerius resolveu jogar Civilization durante 10 anos e saber qual seria o resultado.

Há algumas semelhanças entre o que aconteceu na simulação e o que pode acontecer conosco. Ele está em 3391 d.C., o mundo está devastado e as guerras nucleres derretaram as geleiras nos dois pólos. Como resultado, poucas terras não estão inundadas ou contaminadas pela radiação. Não existem mais metrópoles e 90% da humanidade morreu na guerra ou de fome.

Só sobraram três países: os celtas, controlados por Lycerius, os Vikings e os Americanos. Eles vivem em guerra eterna pelos parcos recursos do planeta. A ONU tenta impedir ataques nucleares, mas alguém sempre quebra as regras. Os Celtas de Lycerius são comunistas, mas os Vikings e os Americanos são nações teocráticas. Apesar da forma mais democrática de governo, Lycerius precisa lidar com revoltas em seu país.

Lycerius agora tenta reconstruir o mundo. Parar as guerras e usar os recursos é o primeiro passo dessa jornada. Ele agora conta com a ajuda de vários jogadores nessa missão:  eles organizaram um fórum de discussão, para ajudar Lycerius nessa tarefa. (vi no Reddit).

Carregando...

Sobre Charles Nisz

Charles Nisz é jornalista desde 2001. Já cobriu Economia, Meio Ambiente e Tecnologia, com passagem pela Agência USP de Notícias, jornal DCI, MSN, e UOL. Já foi correspondente internacional do site Opera Mundi. Mestre em Jornalismo pela USP, dá aula sobre Informação e Novas Mídias na ECA/USP e é fascinado pelas novidades que aparecem na internet.

Siga o Yahoo Notícias