Homem viaja 7 mil quilômetros para achar ruiva que viu por poucos minutos num café

Charles Nisz
Charles Nisz
25 de setembro de 2012

Após minutos de conversa num café no condado irlandês de Clare, Sandy Cocker, um dentista canadense, se apaixonou por uma garota ruiva. Ele não sabe sequer o nome da moça, mas viajou sete mil quilômetros para encontrá-la.

Cocker voltou para o Canadá e mesmo após conhecer outras moças, não conseguiu esquecer a bela ruiva irlandesa. Os amigos faziam piada com a paixão de Cocker: "Ela não é a Ennistymon" - o dentista apelidou a moça com o nome da cidade irlandesa onde eles se conheceram, pois ele não sabe seu nome.

Ele contou a história a um casal irlandês que conheceu no Canadá e foi incentivado a voltar à Irlanda e tentar achar a moça. Um ano após o encontro no café, ele está de volta ao país europeu, na esperança de achar a ruiva.

Cocker voltou ao café  e colocou um anúncio na página de classificados do jornal local, Clare People. Até agora a busca foi em vão. Entretanto, a história atraiu a atenção de muitos jornais e ele virou notícia no mundo todo. Entrevistado por sites de diversos países, ele diz estar feliz apenas por ter tentado, mesmo que não encontre sua musa.

"Eu dei uma chance para a sorte. A maioria das pessoas ia apenas rir e esquecer. Mas voltarei para casa e, daqui a 50 anos, não vou ter me arrependido das poucas semanas que passei percorrendo a Irlanda, sendo um pouco tolo, tentando achar uma garota que achei linda." (vi no iG)