Quem faz download ilegal de arquivos gasta 30% mais com música

charles_nisz
charles_nisz16 de outubro de 2012

Um estudo feito pela American Assembly, órgão ligado à Universidade de Colúmbia (EUA) mostra que usuários que baixam arquivos ilegais em redes P2P gastam até 30% a mais com música. Ou seja, ao contrário do que pensa o senso comum, os "piratas" são os melhores amigos dos músicos.

Os pesquisadores chegaram à essa conclusão depois de analisar os hábitos de consumo de música de 2300 pessoas nos EUA e na Alemanha. Segundo o estudo, intitulado "Cultura da Cópia nos EUA e Alemanha", quem baixa arquivos ilegais tem  37% mais músicas no PC. Mas boa parte desses arquivos foi adquirida legalmente.

Cerca de 40% do acervo musical dos piratas foi adquirido de modo legal. O resultado vai ao encontro de outras pesquisas feitas sobre o mesmo assunto. Quem gosta de música baixa alguns arquivos de graça e depois compra mais arquivos para ajudar o seu artista preferido. (vi no Register)