Vi na Internet

Suécia importa lixo para gerar energia

Segundo a Public Radio International, cerca de 20% da energia usada no aquecimento de prédios públicos e a energia elétrica usada em 250 mil casas é obtida pela queima de resíduos sólidos. Mas o país escandinavo enfrenta um problema para realizar essa obtenção sustentável de energia.

O programa de reciclagem de lixo na Suécia é tão bom que o país escandinavo importa cerca de 800 mil toneladas de lixo todo ano para gerar energia. Com isso, o país é obrigado a importar lixo de outros países europeus (incrível, né?).

De acordo com a RPI, apenas 4% do lixo produzido na Suécia vai parar em aterros sanitários. Assim, o país ajuda outras nações a lidar com os seus resíduos sólidos. Em nosso país, estamos longe dessa realidade: apenas 25% do lixo reciclado recebe destinação adequada no Brasil. Podíamos adotar a ideia aqui, né? (vi no Huffington Post)

Foto: ShuttleStock

Carregando...

Sobre Charles Nisz

Charles Nisz é jornalista desde 2001. Já cobriu Economia, Meio Ambiente e Tecnologia, com passagem pela Agência USP de Notícias, jornal DCI, MSN, e UOL. Já foi correspondente internacional do site Opera Mundi. Mestre em Jornalismo pela USP, dá aula sobre Informação e Novas Mídias na ECA/USP e é fascinado pelas novidades que aparecem na internet.

 

Siga o Yahoo Notícias