Suplicy defende a inclusão da palavra “amor” na bandeira nacional

charles_nisz

Nesta quarta-feira (19), o Congresso Nacional teve uma sessão tensa. Os senadores estavam mobilizados para votar o veto à lei dos royalties do petróleo. Num dia tão atribulado, o senador Eduardo Suplicy (PT/SP) subiu ao palanque do Senado e defendeu uma proposta inesperada.

Suplicy advoga a inclusão da palavra "amor" na bandeira nacional. Assim, o lema do país ficaria: "Amor, Ordem e Progresso". A proposta é do deputado Chico Alencar (PSOL/RJ). O projeto foi apresentado após uma petição na Internet sugerir a mudança nos dizeres da nossa bandeira.

Mas parece que a proposta não teve muita receptividade: o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) disse que se fosse para mudar os dizeres da bandeira, era melhor adicionar a palavra “educação”, por ser mais includente. “Teríamos ainda um problema geométrico, porque não cabe mais uma palavra na bandeira”, disse Buarque.

O que você acha da ideia proposta por Chico Alencar? Que palavra você incluiria na nossa bandeira? Deixe sua resposta nos comentários do post! (vi no blog O Filtro, da revista Época).

PS - os leitores Vitor Alessandri e Michel Blanco me alertam que a sugestão sobre a mudança nos dizeres da bandeira está na origem do lema positivista: "O Amor por princípio, Ordem por base, o Progresso por fim".