Bloomberg se retira de disputa democrata e expressa apoio a Biden

(3 mar) Bloomberg participa de comício na Flórida

O magnata da mídia americano Michael Bloomberg anunciou nesta quarta-feira que deixou a corrida democrata à Casa Branca e declarou apoio a Joe Biden, depois de ter sido desprezado pelos eleitores na Superterça.

"Três meses atrás, entrei na corrida para derrotar o presidente Donald Trump. Hoje, estou saindo da corrida pelo mesmo motivo: derrotar Donald Trump - porque é claro para mim que permanecer nessa situação dificultaria a realização desse objetivo", disse ele em comunicado.

O bilionário, ex-prefeito de Nova York, gastou centenas de milhões de dólares em sua corrida presidencial, mas não conseguiu vencer nenhum dos 14 estados que votaram na Superterça - o dia mais importante das primárias do Partido Democrata.