Bloqueio de rodovias: Augusto Aras solicita ao Ministério da Justiça reforço em Mato Grosso

O procurador-geral da República, Augusto Aras, enviou neste sábado um ofício ao ministro da Justiça, Anderson Torres, solicitando reforços na atuação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na atuação contra bloqueios ilegais de rodovias em Mato Grosso.

As rodovias estão sendo ocupadas desde a noite de domingo por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL), em protestos antidemocráticos contra o resultado da eleição presidencial, vencida por Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

De acordo com comunicado divulgado pela Procuradoria-Geral da República (PGR), Aras relatou ter recebido informações da unidade do Ministério Público Federal (MPF) no estado de que um comboio de 200 caminhões está se deslocando da cidade de Sorriso para a capital, Cuiabá.

O procurador-geral relatou ainda que há uma mobilização para retornar bloqueios onde eles foram desfeitos, nas cidades de Comodoro Lucas do Rio Verde e Sinop, e que há manifestações fechando pontes de municípios próximos à BR-163.

No ofício, Aras ainda ressalta que há um baixo efetivo da PRF na região de Nova Mutum, com 54 policiais e quatro viaturas.

Na tarde deste sábado, a PRF informou que não há mais bloqueios nas rodovias (quando o fluxo de veículos é completamente interrompido), e que restam quatro interdições. Dois municípios de Mato Grosso são citados: Campos de Júlio e Comodoro.