BMW anuncia carro que muda de cor

BMW apresenta o i Vision Dee, carro que pode mudar entre 32 cores através da tecnologia de E Ink (Ethan Miller/Getty Images)
BMW apresenta o i Vision Dee, carro que pode mudar entre 32 cores através da tecnologia de E Ink (Ethan Miller/Getty Images)
  • Produto usa tecnologia de E Ink para alterar a cor da lataria;

  • Carro possui 240 segmentos independentes, podendo criar um show de luzes;

  • Veículo da BMW ainda está longe de ser lançado ao público.

Durante a Consumer Electronic Show (CES) deste ano, a BMW atualizou o conceito de carro futurista. No ano passado eles haviam apresentado o conceito do iX Flow, o "primeiro carro que muda de cor do mundo". Na época, o crossover elétrico iX especial conseguia alternar sua lataria entre branco, preto e cinza.

Agora, em 2023 o i Vision Dee consegue ir além, levando a tecnologia E Ink ao seu máximo. Em vez de apenas três cores, é possível escolher entre 32 cores disponíveis. Além disso, o modelo é composto por 240 segmentos do papel eletrônico, os quais podem ser controlados individualmente. Isto quer dizer que o i Vision Dee pode alternar suas cores de forma sólida, uma por vez, ou fazer um show de luzes. “Isso permite que uma variedade quase infinita de padrões seja gerada e variada em segundos”, disse a BMW

O veículo faz uso da tecnologia mais recente da E Ink Corporation, empresa com sede nos Estados Unidos e que está por trás de e-readers e vários smartwatches. Chamada de filme Prism 3, o revestimento no carro contém minúsculas microcápsulas cujos pigmentos mudam quando a eletricidade é ativada.

Embora o E Ink tenha sido aplicado em diversos produtos ao longo dos anos, a BMW é a única que a utiliza no setor automotivo, aperfeiçoando e desenvolvendo sua própria tecnologia por cima da E Ink. O Prism 3, ainda por cima, tem um baixo consumo de energia, um benefício quando o assunto é sustentabilidade. “A tecnologia de exibição da E Ink é de energia ultrabaixa porque é bioestável”, disse a E Ink em um comunicado à imprensa.

Juntamente com a eficiência energética líder do setor de papel digital, a E Ink está permitindo que seus parceiros revolucionem as indústrias por meio de tecnologias sustentáveis e foi integrada em tudo, desde eReaders a telefones celulares, dispositivos médicos vestíveis, etiquetas logísticas e sinalização digital”.

Por enquanto o veículo é apenas um experimento interno de pesquisa e desenvolvimento, ou seja, não verá a produção para o consumo. No entanto, o conceito atraiu muita atenção dentro da montadora e dos consumidores. Mas ainda há um grande caminho a percorrer até que a tecnologia esteja pronta para o mundo real.

No momento, os cérebros por trás da tecnologia na BMW, a engenheira australiana Stella Clarke e sua equipe, têm trabalhado para tornar a tecnologia resistente a lava-rápidos e insetos voadores. Como está agora, danos podem fazer com que os painéis fiquem não funcionais.

O objetivo final da equipe é fazer um spray que possa ser aplicado nos painéis da carroceria com mais facilidade, mas isso está longe. Os custos também não são claros, embora Clarke tenha sugerido que eles podem ser mais baixos do que você imagina.