Funcionários do BNDES ganharam em média R$ 108 mil por lucros em 2021

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social (BNDES) pagou, em média, R$ 108,1 mil a funcionários em 2021. Foto: Getty Images.
Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social (BNDES) pagou, em média, R$ 108,1 mil a funcionários em 2021. Foto: Getty Images.

Resumo da notícia:

  • BNDES pagou benefício médio de R$ 108,1 mil para seus funcionários por meio do PLR;

  • Benefício é o mais alto declarado por uma empresa pública à Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Sest);

  • Em 2021, o lucro líquido da instituição foi de R$ 34,1 bilhões.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social (BNDES) pagou, em média, R$ 108,1 mil para os seus funcionários por meio do Programa de Participação nos Lucros e Resultados (PLR), em 2021.

Pago em parcela única anual, o benefício é o mais alto declarado por uma empresa pública à Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Sest), vinculada ao Ministério da Economia.

O pagamento é equivalente a mais de quatro vezes a PLR média distribuída no ano passado pelo Banco do Brasil, de R$ 27 mil, e pela Caixa Econômica, de R$ 24,3 mil.

Leia também:

Entretanto, BB e Caixa competem entre si e com bancos privados por uma fatia do mercado. Enquanto o BNDES, uma instituição financeira de desenvolvimento, age como uma empresa pública sem concorrentes.

Os empregados do BNDES recebem, além do alto valor, o salário, o 13°, o adicional de férias e outros benefícios mensais, como auxílio-refeição, avaliado em R$ 1.688,74, cesta alimentação, em R$ 726,71, assistência de saúde, em R$ 1.884,74, e assistência educacional, de até R$ 1.400,05.

Já que o PLR acontece anualmente, em um outro cálculo é como se a programa pagasse mensalmente um incremento médio de R$ 9.010,60, ou seja, sete vezes o valor atual do salário mínimo, que está em R$ 1.212.

Ainda assim, não são todos os funcionários da instituição que recebem a mesma quantia. O cálculo é feito em cima da remuneração e metas de desempenhos. Portanto, de acordo com dados oficiais, o valor mínimo da PLR chegou a R$ 13,8 mil, enquanto o máximo bateu R$ 257,3 mil.

Normalmente, os valores finais equivalem a três meses de salário de cada funcionário que recebe o dinheiro do programa.

Em 2021, foram contemplados com participação nos lucros 2.379 empregados. No ano passado, o lucro líquido da instituição foi de R$ 34,1 bilhões.

*Com informações da Folha de S. Paulo.