Boatos falsos apontam morte de Roberto Gómez Bolaños, o Chaves

O Globo (segundocaderno@oglobo.com.br)
Agência O Globo

RIO - O ator Roberto Gómez Bolaños, criador dos personagens Chaves e Chapolim, foi ao Twitter negar boatos sobre sua morte que estão circulando pela internet. Em uma sequência de mensagens, o ator nega os rumores.

"Estou recebendo muitas mensagens do Brasil. Estou bem, amigos", alerta, "Eu, Roberto Bolaños, estou muito bem! Obrigado pelo amor de todos!"

Essa não foi a primeira vez que o boato da morte de Bolaños se espalha pela internet. Em 2008 o filho dele, Roberto Gómez Fernández, foi obrigado a desmentir rumores semelhantes.

O mexicano Bolaños ficou muito famoso na América Latina com as séries infantis Chaves e Chapolim, criadas respectivamente em 1971 e 1970. No Brasil, as travessuas do Chaves e as aventuras do Chapolim são exibidas pelo SBT desde 1984.

Entre os principais protagonistas do seriado, o único que já morreu foi o Ramón Valdez, o Seu Madruga, em 1988, aos 64 anos.

Os outros são Carlos Villagrán (Quico), 68 anos, María Antonieta de Las Nieves (Chiquinha), 61; Rúben Aguirre (Professor Girafales), 77; Édgar Vivar (Seu Barriga), 67; Angelínez Fernández (Bruxa do 71), 71 anos (!); Horacio Gómez Bolaños (Godinez), 69 anos e irmão de Roberto; e Raul Padilho (Jaiminho, o carteiro), 76.

Florinda Meza (Dona Florinda), tem 63 anos e é casada com Roberto Bolaños.