Boca Juniors busca ser o clube com mais sócios no mundo

Boca Juniors já ultrapassou a marca de 300 mil sócios e quer crescer ainda mais. Foto: Marcelo Endelli/Getty Images
Boca Juniors já ultrapassou a marca de 300 mil sócios e quer crescer ainda mais. Foto: Marcelo Endelli/Getty Images

Clube multicampeão, o Boca Juniors está indo para um novo marco. O clube argentino chegou a 300 mil sócios em maio passado, e eles já enviaram o aviso de que tentarão entrar no Guinness Book of World Records como a entidade esportiva com o maior número de filiados em todo o planeta.

"Essa é a nossa ideia: tentar entrar no Guinness Book of Records como o clube com o maior número de sócios do mundo. Sei que estamos próximos", disse o diretor do departamento de sócios Alejandro Cosentino.

Leia também:

No dia 3 de abril, o Boca Juniors comemorou 117 anos de história quase ao mesmo tempo em que somava seu 72º título com a conquista da Taça da Liga Profissional. Como explica o clube argentino, atualmente conta com 9 categorias de sócios, entre os quais são ativos, aderentes e internacionais.

Além, é claro, das subsidiárias e da parte social do clube. Os consulados em todo o mundo foram adicionados, para que pessoas que moram no exterior também possam participar do clube. E não são poucos...

Um estudo feito em 2021 pela empresa 'Euromericas Sport Marketing', apontou que o Bayern de Munique é o clube com maior número de membros (323.000), seguido pelo Boca, e acima de outros europeus como Benfica (290.000) e Barcelona (231.000).

A nível latino-americano, o Atlético Mineiro é o brasileiro melhor colocado com cerca de 127 mil sócios mas quem está mais perto do 'Xeneize' é o rival River Plate com quase 160 mil sócios, segundo um relatório da AFA.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos