Boi Tolo chega a Copacabana após mais de nove horas de desfile que saiu do Centro

·2 min de leitura

RIO — Após mais de nove horas de defile, o mais antigo bloco não oficial do Rio após a revitalização do carnaval de rua da cidade, o Cordão do Boi Tolo — que saiu às 8h da Praça XV no Centro e não tem trajeto definido nem hora para acabar — chegou a Copacabana após fechar e passar pelo Túnel Novo. A Polícia Militar e a Guarda Municipal acompanham o cortejo desde que os foliões chegaram ao Aterro do Flamengo por volta do meio-dia.

— Fomos pioneiros na informalidade do carnaval, ocupar as vias é um direito. Retomar a folia é muito importante, é nossa terapia anual, faz bem para a alma — ressalta Luís Otavio Almeida, fundador e um dos organizadores do bloco.

O publicitário Guilherme Pessoa, de 34 anos, acompanhou o desfile desde a concentração às 8h em cima das pernas de pau. Segundo ele, só a adrenalina explica ele conseguir ficar tanto tempo no bloco.

— É muita adrenalina. Nem penso muito, vou seguindo o bloco.

Por volta das 8h, a concentração no Largo do Paço se estendeu e ocupou as escadarias da Assembleia Legislativa (Alerj) — momento que emocionou vários foliões adeptos ao bloco. Entre eles, a artista Livia Maria, 41, que chamou a atenção por estar de toalha enrolada e com uma placa com os dizeres “Carnaval em Abril? Não tenho nem roupa para esse evento”.

— Durante os primeiros anos do bloco, eles sempre terminavam aqui. É bonito demais rever esse mar colorido — celebra.Sobre a escolha da fantasia inusitada, ela explica que apostou na criatividade.

— Não estava preparada, mas o Boi Tolo disse que ia sair, não ia perder. Tive que vir — diz, com bom humor.

O Bloco das Trepadeiras, outra presença histórica no Boi Tolo e um dos primeiros grupos do carnaval de rua do Rio com a temática feminista, também não poderia faltar. Com mais de quinze anos de tradição, as meninas "treparam" em algumas árvores e posaram para as fotos. Vestida de "Maria sem vergonha", a fundadora do movimento Maria Talita, 42, fala sobre a emoção de estar de volta.

— Esperamos muito tempo, mas sempre estamos com o Boi Tolo. É a oportunidade perfeita para retornar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos