Bolo ou rosca de Reis: aprenda a preparar a tradicional iguaria do dia 6 de janeiro

O Globo
·3 minuto de leitura
Divulgação

Bolo-Rei, Bolo de Reis ou Rosca de Reis. Os nomes da iguaria europeia que celebra o Dia dos Reis (os três reis magos bíblicos, Baltazar, Belchior e Gaspar) podem até variar. Mas a tradição é sempre a mesma: 6 de janeiro é dia de saborear este bolo clássico repleto de frutos secos, torcer para achar o brinde escondido dentro (reza a lenda que se você achar um brinde em sua fatia, terá sorte o ano todo; se achar uma fava, terá de cuidar do bolo do próximo ano) e desmontar a árvore de Natal.

Para veganos:aprenda a fazer um delicioso curry de caju com shitake e arroz de coco

Dona de receitas portuguesas tradicionais na família há nove gerações, a confeitaria Alda Maria Portugueses, em Santa Teresa, comandada por Alda Talavera Campos e suas filhas Liliana e Simone e especializada em confeitaria conventual, todo ano reserva parte de seus esforços de produção para preparar a iguaria clássica. As encomendas do bolo (a R$ 95) se encerraram na última segunda-feira, dia 5, mas ainda há unidades reservadas para pronta-entrega, no próprio dia 6 e no local (Rua Almirante Alexandrino 1.116, Santa Teresa - 2232-1330 ou 98542-1320, das 11h às 19h), para quem deixou a faina para a última hora.

- Um de nossos diferenciais é que não usamos frutas cristalizadas, optamos por frutos secos, como amêndoas, nozes, tâmaras, ameixa preta, passas e damasco. No ano passado, eu que encontrei a fava, por isso o bolo desse ano lá em casa é por minha conta! -, conta Simone Campos, que viu a irmã Lili, então grávida de seu sobrinho Bernardo, achar o brinde, símbolo de sorte.

Quem vai arriscar a preparar o Bolo de Reis em casa, uma boa notícia: Alda Maria liberou a receita de seu caderno de família exclusivamente para o público do Rio Show, que divulgamos a seguir! Não esqueça o brinde e boa sorte.

Bolo ou Rosca de Reis

Receita do caderno de família da Alda Maria Doces Portugueses

450 gramas de farinha com fermento

70 gramas de açúcar

Casca de 1 laranja

Casca de 1 limão

130 ml de leite

3 gemas

25 gramas de fermento fresco

200 ml de suco de laranja

40 ml de vinho do Porto

350 gramas de frutas secas (podem ser substituídas por frutas cristalizadas)

70 gramas de manteiga

1 pitada de sal

Gema para pincelar

Modo de preparo:

Pese a farinha e reserve.

Na batedeira (espátula de pão), misture o açúcar com as cascas de laranja e limão. Adicione o leite e a manteiga e bata bem. Junte as 3 gemas, uma a uma, o suco de laranja, o vinho do Porto e por último o fermento. Misture bem. Com a batedeira ligada no mínimo, coloque a farinha aos poucos, em colheradas, para não empelotar. Por fim, adicione a pitada de sal. Bata até formar uma bola que desgrude das paredes da tigela.

Deixe a massa descansar, coberta e fora da geladeira, até dobrar de tamanho. Tire o ar com os dedos.

Inclua 250 gramas de frutos secos e misture em velocidade baixa.

Unte um tabuleiro com manteiga e farinha (pode ser de bolo ou uma assadeira em que dê para dar o formato de rosca). Não esqueça de colocar o brinde (geralmente, uma pequena peça de metal ou porcelana, embrulhada por proteção) e a fava (pode ser de baunilha, de ervilha, de feijão...) dentro da massa.

Pincele com a gema e coloque por cima dos 100 gramas de frutos que sobraram. Deixe a massa dobrar de tamanho e asse por 20 minutos, a 180°C, em forno pré-aquecido. Você pode polvilhar com açúcar de confeiteiro no final.