Bolsa e dólar têm quedas, com exterior e Orçamento no radar dos investidores

·2 min de leitura

RIO — A Bolsa cai enquanto o dólar se desvaloriza ante o real no início desta quarta-feira. Na cena interna, os investidores repercutem a aprovação pelo Congresso do Orçamento para 2022, enquanto, no exterior, as atenções se voltam para uma nova leitura do Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos no terceiro trimestre.

Por volta de 10h55, o Ibovespa cedia 0,40%, aos 104.972 pontos, em mais um pregão que deve contar com baixa liquidez.

No mesmo horário, a moeda americana tinha baixa de 0,40%, negociada a R$ 5,7159.

O texto do Orçamento aprovado nessa terça-feira pelos parlamentares incluiu o aumento do Fundo Eleitoral para 2022, além de garantir reajuste e reestruturação de carreira dos policiais federais.

Os parlamentares também alteraram a destinação de R$ 16,5 bilhões do Orçamento do próximo para turbinar as emendas parlamentares por meio das emendas de relator, que abastece o chamado “orçamento secreto”.

Nos Estados Unidos, a terceira leitura do PIB americano mostrou um crescimento de 2,3% no terceiro trimestre segundo a taxa anualizada.

O crescimento foi revisado para cima em 0,2 ponto percentual em relação à segunda leitura divulgada em novembro. Os dados são do Escritório Federal de Análise Econômica.

No segundo trimestre, a economia americana havia crescido 6,7%, na taxa anualizada.

No país, seguem as negociações entre a Casa Branca e o senador democrata Joe Manchin, que sinalizou, no domingo, que não apoiará o projeto do presidente Biden de US$ 1,75 trilhão voltados para a melhoria da rede de proteção social americana e o combate à mudança climática.

O posicionamento de Manchin é importante, pois democratas e republicanos dividem as cadeiras no Congresso meio a meio.

“Assim como tem sido nos últimos dias, investidores seguem avaliando o grau de ameaça da variante Ômicron ao crescimento econômico global e a possibilidade de que novas conversas entre o presidente americano, Joe Biden, e o senado democrata, Joe Manchin, possam ter revivido as chances de aprovação do plano econômico trilionário do governo americano”, destacaram analistas da Guide Investimentos, em nota matinal.

Ações

Entre as ações, as ordinárias da Petrobras (PETR3, com direito a voto) subiam 0,26% e as preferenciais (PETR4, sem direito a voto), 0,39%.

As ordinárias da Vale (VALE3) cediam 0,68% e as da Siderúrgica Nacional (CSNA3), 0,28%.

As preferenciais da Usiminas (USIM5) caíam 1,12%.

No setor financeiro, as preferenciais do Itaú (ITUB4) cediam 0,09% e as do Bradesco (BBDC4) subiam 0,05%.

Bolsas no exterior

Na Europa, as bolsas operavam mistas. Por volta de 10h55, no horário de Brasília, a Bolsa de Londres cedia 0,02% e a de Frankfurt, 0,04%. A Bolsa de Paris avançava 0,05%.

As bolsas asiáticas fecharam com direções contrárias. O índice Nikkei, da Bolsa de Tóquio, subiu 0,16%. Em Hong Kong, houve alta de 0,57% e, na China, baixa de 0,07%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos