BOLSA EUA-Wall St tem leve queda no dia, mas garante desempenho positivo em agosto

·1 minuto de leitura
Fachada da bolsa de valores de Nova York, EUA

Por David French

(Reuters) - Os principais índices acionários de Wall Street encerraram esta terça-feira em leve queda, embora o movimento não tenha sido suficiente para reverter a forte performance de agosto, período tradicionalmente conhecido como calmo para os mercados acionários.

Após terem cravado máximas recordes na segunda quinzena do mês, incluindo quatro fechamentos do S&P 500 em patamares recordes em cinco sessões até esta terça-feira, os três "benchmarks" do mercado norte-americano foram pressionados pelos papéis de tecnologia no último dia de agosto.

Para o S&P, que avançou 2,9% em agosto, este foi o sétimo mês consecutivo de ganhos, enquanto Dow e Nasdaq subiram 1,2% e 4%, respectivamente, desde o final de julho.

A performance reflete o nível de confiança do investidor nas ações norte-americanas, derivado do reiterado tom "dovish" (tolerante com a inflação) do Federal Reserve em relação à redução gradual de seu enorme programa de estímulos.

"Depois de toda a intervenção monetária e fiscal, a questão é para onde vamos agora. O S&P vai para 5.000 pontos? Como chegar até lá?", disse Eric Metz, presidente-executivo da SpringRock Advisors.

"De onde virá a liderança para que as ações subam? É o crescimento dos lucros, é crescimento versus valor, tecnologia ou energia? Tudo isso precisa ser definido, mas acho que a próxima etapa de alta para o mercado acionário será guiada por setores", acrescentou Metz.

O índice Dow Jones caiu 0,11%, a 35.361 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,134915%, a 4.523 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,04%, a 15.259 pontos.

(Reportagem de Shashank Nayar, em Bengaluru, e David French, em Nova York)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos