Bolsa globais despencam e arrastam Ibovespa, que opera abaixo de 125 mil pontos

·5 minuto de leitura

RIO — O dólar operava com forte alta ante o real no início desta segunda-feira, acompanhando um sentimento de maior aversão ao risco no exterior devido, com a disseminação da variante Delta do coronavírus. A Bolsa, por sua vez, tinha forte queda, sendo prejudicada pela queda de empresas importantes como a Petrobras.

Por volta de 10h30, a moeda americana era negociada a R$ 5,1863, alta de 1,39%. No mesmo horário, o Ibovespa cedia 1,29%, aos 124.334 pontos.

As maiores preocupações sobre o progresso da retomada econômica fazem com que os investidores procurem ativos mais seguros para se proteger, como a propria moeda e os titulos de dívida públicos.

Os títulos do Tesouro americano de dez anos, por exemplo, viam seus rendimentos caírem para a casa dos 1,225% nesta manhã ante o fechamento anterior de 1,294%, devido ao aumento da demanda.

Na cena doméstica, os investidores já se preparam para o início da temporada de balanços do segundo trimestre, que começa amanhã, com a apresentação dos resultados de Indústrias Romi e da Neoenergia, após o fechamento do pregão.

No exterior, a temporada já começou na semana passada e vai se intensificar nesta, com a divulgação de balanços de grandes empresas.

Há expectativa que o Ibovespa seja menos afetado pelos ruídos vindos de Brasília, principalmente acerca da reforma tributária, devido ao recesso parlamentar, iniciado nesta segunda.

"A movimentação nos mercados ilustra uma maior busca por segurança dentre os investidores, com bolsas e commodities em baixa enquanto o dólar avança com uma maior demanda por títulos do governo americano (juros futuros com mais uma sessão de fechamento generalizado nos EUA", escreveram analistas da Guide Investimentos, em nota matinal.

Petrobras e Vale caem

As ordinárias da Petrobras (PETR3) cediam 2,47% e as preferenciais (PETR4), 2,77%, influenciadas pela queda do petróleo no exterior.

As ordinárias da Vale (VALE3) cediam 1,56%.

— Outro motivo que pressiona os mercados é o acordo da Opep. Com a perspectiva de aumento do preço do petróleo acaba sendo pressionado para baixo, porque não temos certeza em relação à demanda, tendo em vista possíveis interrupções por causa da variante Delta — disse o analista da Toro Investimentos, Braulio Langer.

Americanas despenca

No primeiro pregão após a fusão com a B2W, as ações das Lojas Americanas despencavam, entrando em leilão.

As ordinárias (LAME3, com direito a voto) e as preferenciais das Lojas Americanas (LAME4, sem direito a voto) tinham quedas de 58,85% e 59,19%, respectivamente.

Os papéis da AME3, novo ticker usado pela B2W, eram negociados a R$ 67,45 após abrirem o pregão cotados a R$ 66,35.

As ações de Lojas Americanas permanecem listadas na bolsa, mas passam a representar uma participação de 38,9% na nova companhia (AMER3). Em razão disso, o movimento de queda já era esperado.

Os acionistas que faziam parte da base acionária das Lojas Americanas até a sexta-feira terão direito ao recebimento de 0,18 ação ordinária da B2W.

Dessa forma, a sexta-feira foi o último dia em que as ações de LAME4 refletiram a operação de lojas físicas e a participação de 62,5% na B2W.

Com a fusão entre as empresas aprovadas, o caixa e os ativos operacionais da LAME serão incorporados pela B2W Digital, que será renomeada para Americanas S.A. e passa a ser negociada no novo ticker.

O acionista das ações da Lojas Americanas irá receber 18 ações de AMER3 para cada 100 ações de LAME3 ou LAME4 que possuir. Ou seja, caso ele possua 1000 ações de LAME4, ele receberá 180 ações de AMER3, aos preços de mercado.

Petróleo em queda

Após a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+) anunciar um acordo, neste domingo, para aumentar a produção até 2022, o petróleo inicia a semana com fortes perdas.

Por volta de 10h45, no horário de Brasília, o contrato do petróleo tipo Brent para setembro cedia 4%, negociado a US$70,65, o barril. Já o contrato do tipo WTI para agosto cedia 4,28%, cotado a US$ 68,74, o barril.

O aumento dos casos de coronavírus pelo mundo também pressiona a commodity, já que põe em risco as perspectivas positivas de retomada econômica.

O acordo prevê produção extra de 400 mil barris por dia a cada mês a partir de agosto até que toda a produção interrompida tenha sido reativada.

Boletim Focus: mais inflação

Os analistas do mercado financeiro voltaram a elevar suas estimativas para a inflação deste ano. É o que mostra o Boletim Focus, relatório semanal divulgado pelo Banco Central (BC) com as expectativas desses agentes. Para este ano, a taxa subiu para 6,31% ante 6,11% na semana anterior.

O número é bem superior a meta do governo, que é de 5,25%. Para 2022, o percentual se manteve em 3,75%.

Acompanhando uma inflação mais alta, está a taxa básica de juros. Para este ano, as projeções de Selic subiram para 6,75% ante 6,63% do relatório anterior. Para o fim do próximo ano, a taxa permaneceu em 7%.

Bolsas no exterior

Na Europa, as bolsas operavam em baixa. Por volta de 10h50, no horário de Brasília, a Bolsa de Londres caía 2,19%. Em Frankfurt e Paris, as quedas eram de 2,60% e 2,42%, respectivamente.

As bolsas asiáticas fecharam em queda. O índice Nikkei, da Bolsa de Tóquio, caiu 1,25%. Em Hong Kong, houve baixa de 1,84% e na China, de 0,01%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos